fbpx
11.12.18

Penhora mineira

No melhor estilo “Cedae“, o governador eleito Romeu Zema já admite usar o controle da Copasa como moeda de troca para renegociar a dívida de Minas Gerais com a União – o passivo é de R$ 78 bilhões. O vice governador eleito, Paulo Brant, foi escalado para conduzir as primeiras negociações com a equipe de transição de Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.