fbpx
13.11.20

O “blockchain” de Luis Roberto Barroso

Por falar em hacker: segundo o RR apurou com uma alta fonte do TSE, no pronunciamento que fará em rede nacional amanhã, véspera das eleições, o presidente da Corte, Luis Roberto Barroso, vai dedicar boa parte do tempo para falar da segurança das urnas eletrônicas. As circunstâncias exigem que Barroso blinde a Justiça Eleitoral. A invasão ao sistema do STJ alimentou as teorias da conspiração sobre fraudes eleitorais. Um prato cheio para Jair “Trump” Bolsonaro, useiro e vezeiro em levantar suspeitas contra as urnas do TSE.

De acordo com a mesma fonte, hoje, a partir das 20h, a área de tecnologia do TSE vai desabilitar os acessos VPN (rede privada em cima de rede pública), impedindo o acesso remoto e externo para qualquer computador instalado dentro do tribunal. A partir de amanhã, qualquer navegação na internet e no sistema de e-mail da Corte também estarão proibidos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.