fbpx

O novo ministro da Justiça, André Mendonça, só tomou conhecimento da indicação de Rolando Alexandre de Souza para a direção da Polícia Federal após o fato consumado. Todo o processo foi conduzido por Alexandre Ramagem, o ex-futuro número 1 da PF.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.