Negócios

Grupo de e-commerce chinês vai investir R$ 100 milhões no Brasil

  • 20/07/2023
    • Share

A Temu, plataforma de e-commerce chinesa, pretende construir dois centros de distribuição no Brasil. O investimento previsto é da ordem de R$ 100 milhões. Segundo o RR apurou, há cerca de duas semanas executivos do grupo visitaram áreas na região de Cajamar, em São Paulo – uma espécie de capital da logística de armazenamento na Região Sudeste em razão dos fartos incentivos fiscais oferecidos pelo município. A Temu deverá iniciar suas atividades no Brasil até o início de 2024, seguindo os passos de algumas de suas maiores concorrentes, como Shein e Shopee, que também estão montando operações no país. Diferente das duas conterrâneas, focadas no setor de vestuário, a empresa se concentra em outros segmentos. Seu variado portfólio vai de produtos de beleza e higiene e artigos de decoração. Caçula entre as plataformas de marketplace chinesas – foi fundada apenas em 2021 -, a Temu faturou cerca de US$ 2,3 bilhões no ano passado. 

#Temu

Leia Também

Todos os direitos reservados 1966-2023.

Rolar para cima