fbpx
01.09.20

Fiscais agropecuários cruzam os braços contra “privatização”

Há um “motim” em curso no Ministério da Agricultura. Os auditores federais agropecuários discutem realizar uma paralisação nacional. Seria uma reação ao decreto 10.419, de 7 de julho deste ano, que permite a contratação de fiscais terceirizados para os serviços de inspeção tanto do gado no pasto quanto das unidades de abate. Entre os servidores, o receio é que a medida seja apenas um primeiro passo do governo para privatizar boa parte da atividade de fiscalização sanitária no país. O temor faz bastante sentido. A ideia da terceirização conta com a simpatia da equipe econômica, que sempre olha atravessado para a ampliação do funcionalismo público. Um exemplo: desde o ano passado, o Ministério da Agricultura aguarda, sem sucesso, autorização da Pasta da Economia para a contratação de 140 médicos veterinários aprovados no mais recente concurso para auditor agropecuário. Ressalte-se que a ameaça de paralisação dos serviços de inspeção se dá em um momento crítico para o setor. Frigoríficos brasileiros têm enfrentado seguidos embargos internacionais, notadamente da China

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.