fbpx
30.05.17

Fábrica da GM é uma roleta russa

Segundo cálculos da própria GM, há um excedente de cerca de dois mil trabalhadores na fábrica de São José dos Campos, ou 40% do efetivo. Trata-se de uma “gordura” que teria de ser queimada para a operação se tornar minimamente rentável. Por ora, a montadora vai recorrendo ao expediente do layoff – de junho a novembro, cerca de 1,5 mil metalúrgicos terão seus contratos suspensos. Pelo acordo com o sindicato, os empregos estão garantidos até fevereiro de 2018. A partir daí, só Deus sabe…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.