fbpx
11.03.20

Diplomacia do atrito

A diplomacia bolsonarista abriu mais um campo de fricção no exterior. O embaixador brasileiro em Paris, Luis Fernando Serra, vem disparando pesadas críticas à prefeita de Paris, Anne Hidalgo, por ter concedido o título de cidadão honorário a Lula. Escolhido a dedo pelo chanceler Ernesto Araújo, a quem é bastante ligado e se comunica praticamente por telepatia, Serra tem se notabilizado como um ferrenho defensor e porta-voz do bolsonarismo em solo francês. Em fevereiro, enviou correspondência à senadora Laurence Cohen, dizendo-se indignado pelos debates entre os congressistas franceses sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco: “É com profunda consternação que eu constato que o assassinato do Sr. [Celso] Daniel e o atentado contra a vida do Sr. Bolsonaro não tiveram a mesma atenção”, escreveu o diplomata.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.