fbpx
02.09.20

De grão em grão

Produtores rurais cobram do Ministério da Agricultura e da Polícia Federal uma ação imediata contra o contrabando de arroz.
Superestocados, agricultores uruguaios e paraguaios estão despejando o produto do lado de cá da fronteira de forma ilegal. O contrabando já freou a alta do arroz, que chegou a subir 4% entre julho e agosto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.