fbpx
17.01.20

Cheiro de peixe podre

O Ministério da Economia trabalha para afundar o projeto de lei 5626/19, em tramitação na Câmara. Assinado por oito deputados do PCdoB, o PL propõe o pagamento de seguro-desemprego a pescadores artesanais afetados por desastres ambientais. A equipe econômica considera que os “comunistas” estão jogando para a torcida com o bolso da “Viúva”, vendendo um “peixe” que já existe. Os pescadores atingidos por desastres ambientais já têm direito a uma cota extra do seguro-defeso. Em 2019, por exemplo, o governo gastou R$ 110 milhões a mais por causa do derramamento de óleo na costa do Nordeste.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.