fbpx
01.10.20

Camisa de força

As operadoras de TV por assinatura e de telefonia celular se articulam com o objetivo de derrubar o projeto de lei do deputado Marcio Marinho (Republicanos-BA). Na prática, a proposta prevê a quebra das algemas dos contratos de fidelidade, com a proibição da cobrança de multas a consumidores que querem o cancelamento dos serviços. A maior pressão vem da Claro/Net, líder do mercado de TV paga e principal afetada pela pandemia. Desde o início do ano, a empresa já perdeu algo em torno de 300 mil assinantes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.