23.05.19

Cadeia Velha

A Justiça do Rio de Janeiro negou recurso à queixa-crime do ex-presidente da Alerj, Paulo Melo contra Marcelo Freixo. Preso na Operação Cadeia Velho, Melo acusava o parlamentar do PSOL de ter cometido crime de calúnia em entrevista à TV Globo. O curioso é que, em suas declarações, Freixo sequer citou o nome de Melo, mas sempre o do MDB. Pelo jeito, a carapuça lhe vestiu bem.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.