fbpx
08.09.20

Bolsonaro cinde os “governadores do Rio”

Claudio Castro não é mais Wilson Witzel, que não é mais Claudio Castro, que é Jair Bolsonaro, o que Wilson Witzel já foi um dia. Companheiros de chapa, o governador em exercício e o governador afastado do Rio tornaram-se rivais tanto na disputa pelo Palácio Guanabara quanto na relação com o clã Bolsonaro. Witzel tem dito aos poucos aliados que ainda preserva: se for definitivamente afastado do cargo, vai cair atirando contra a família, notadamente Flavio Bolsonaro. A um interlocutor fonte do RR confidenciou ter fatos sobre o “01” que ainda não vieram à tona. Pode não passar de um blefe, ainda que não se deva menosprezar o acesso do ex-juiz a membros do Ministério Público. Já Castro está empenhado em demonstrar que não é um “bolsonarista” de passagem – como o próprio Witzel. Na última terça-feira, celebrou nas redes sociais a ligação que recebeu de Flavio. As portas estão abertas para o clã, incluindo indicações para a nova equipe de governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.