fbpx
02.03.20

Beque da roça

A Caixa Econômica tornou-se a principal barreira para a venda da Arena Grêmio ao próprio clube gaúcho. A estatal executou a OAS, proprietária do estádio, por uma dívida de R$ 44 milhões referente à sua construção. A empreiteira deve, não nega, mas alega não ter como pagar o débito. O Grêmio já avisou que não assume a dívida.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.