fbpx
12.12.19

Águas passadas

O presidente da Cedae, Helio Cabral, está bem cotado no Palácio Guanabara para subir um degrau e assumir uma cadeira no secretariado do governador Wilson Witzel. Seu cartaz subiu com a reestruturação da companhia de saneamento. Ao que parece, as águas do Rio Guandu já levaram para longe as suspeitas de que Cabral, quando diretor financeiro, teria beneficiado empresas de segurança contratadas pela estatal sem licitação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.