24.10.18
ED. 5980

Munição chinesa

No momento em que Jair Bolsonaro abre fogo contra a invasão chinesa no setor elétrico, a China Huadian Corporation ensaia sua entrada no país. Na mira, o segmento de energia eólica. O grupo controla 15 parques geradores na China.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.