05.03.18
ED. 5818

GP embarca na associação entre BR Malls e Aliansce

A GP Investimentos está na linha de frente de uma grande operação de M&A na área de shopping centers. A gestora surge como o liaison das negociações entre a BR Malls e  a Aliansce, que se desenrolam desde o ano passado. A eventual associação daria origem a uma empresa com mais de 60 shoppings, valor de mercado da ordem de R$ 9 bilhões e um Ebitda combinado em torno de R$ 1,5 bilhão. A princípio, a GP entrou em cena como adviser, mas a ideia é que ele tenha uma participação no capital da nova companhia. Seria a sua volta ao setor de shoppings. Ou melhor: a volta para a casa. A BR Malls nasceu da associação entre a própria GP e a Equity International, do investidor norte-americano Sam Zell – a gestora permaneceu no capital da empresa até 2010. Ressalte-se que ela tem ampliado sistematicamente seus investimentos em real estate por meio da BR Properties, dona de prédios comerciais. Por falar em regressos, outro déjà vu estaria reservado para a gestão da nova companhia: o nome de preferência da GP para reger o negócio seria o de Carlos Medeiros. Ex-sócio da própria gestora de recursos, Medeiros comandou a BR Malls por mais de uma década. Era tratado no mercado como “dono” da companhia, tamanho o seu poder e ascendência sobre os acionistas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14/03/18 22:33h

GP embarca na associação entre BR Malls e Aliansce

disse:

[…] Fonte: Relatório Reservado […]