20.11.15
ED. 5252

Fio desencapado

  Às vésperas do conturbado leilão das hidrelétricas, os nervos estão à flor da pele no Ministério de Minas e Energia. Na última segunda-feira, os atritos entre o secretário executivo, Luiz Eduardo Barata, e o ministro Eduardo Braga bateram nos píncaros. A ponto de Barata ameaçar pedir demissão.   Por falar em leilão, até ontem à noite a Cemig ainda não havia encontrado um parceiro para disputar a licitação. Com isso, uma emissão de debêntures é dada como inevitável, mesmo com a garantia de financiamento do pool de bancos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.