04.12.18
ED. 6007

Entressafra na Pasta da Agricultura

Antes mesmo de assumir, a futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS) já é bombardeada pelos seus próprios pares. Integrantes da bancada ruralista têm criticado duramente as escolhas para a sua equipe no Ministério. Alegam que Tereza Cristina está montando um time com reduzida tonicidade política, usando cargos importantes como prêmio de consolação para aliados derrotados nas eleições. É o caso do deputado federal Marcos Montes (PSD-MG), que não foi reeleito e assumirá a secretária executiva da Agricultura. Quem também está cotado para a Pasta é Valdir Colatto (MDB-SC), outro que foi barrado nas urnas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.