Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
10.07.19
ED. 6153

Extradição de sargento da FAB divide governo

O que fazer com o sargento da Aeronáutica Manuel Silva Rodrigues? A questão está longe de um consenso dentro do governo. Segundo o RR apurou, o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, é favorável a que o Brasil faça gestões mais agudas
junto às autoridades da Espanha para a transferência imediata do sargento, preso em Sevilha depois de transportar 39 quilos de cocaínaem um avião da FAB. Seu retorno ao país seria fundamental para o avanço das investigações conduzidas pela Aeronáutica, sobretudo para averiguar o eventual envolvimento de outros militares no caso.

Por ora, no entanto, segundo uma fonte do Palácio do Planalto, a comitiva de militares que irá à Espanha para interrogar Rodrigues não deverá levar um pedido de extradição da Justiça brasileira, hipótese que chegou a ser discutida pelo governo nos últimos dias. Neste caso, vai prevalecer a recomendação de Sergio Moro. O ministro da Justiça entende que, ao menos neste momento, qualquer esforço pela extradição do sargento será infrutífero. Dificilmente a Justiça da Espanha concordará em entregar o prisioneiro ao Brasil antes de levá-lo a julgamento.

O país é conhecido por aplicar um dos mais severos sistemas penais contra o tráfico de drogas em toda a Europa. Consultado pelo RR, o Ministério da Defesa informa que “não se manifestará sobre as investigações atualmente em curso na Espanha e no Brasil.” A Pasta ressalta ainda que a “condução do processo e eventuais desdobramentos cabem exclusivamente à Justiça espanhola e à Justiça brasileira.” Por sua vez, o Ministério da Justiça não se pronunciou até o fechamento desta edição.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

O generalato de Itaipu

O Palácio do Planalto escalou uma linha de frente de militares para conduzir a complexa renegociação do Tratado de Itaipu com o governo do Paraguai. O general de divisão Eduardo Garrido Alves, que assumiu a diretoria do Parque Tecnológico da estatal na última segunda-feira, chega para ser o braço direito do presidente de Itaipu, o general Joaquim Silva e Luna, nas tratativas com as autoridades paraguaias. Ambos se entendem por música. O general Garrido foi assessor especial do Ministério da Defesa durante a gestão de Silva e Luna à frente da Pasta, nogoverno Temer. A eles, ressalte-se, junta-se ainda um terceiro general, Luiz Felipe Carbonell, que desde o mês passado responde pela diretoria de Coordenação de Itaipu.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Cabo eleitoral

Personagem-chave no esforço para aprovar a reforma da Previdência na Câmara em dois turnos ainda nesta semana, Rogério Marinho vai intensificar o corpo a corpo no Congresso. Somente na quarta e quintafeira, o secretário de Previdência e Trabalho já tem visitas agendadas ao gabinete de mais 50 deputados e senadores.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Cartão de visitas

Jair Bolsonaro está encantado com o trabalho do general Luiz Eduardo Ramos na Secretaria de Governo. Ontem, em conversa com parlamentares do PSL, teria dito que “Em cinco dias, ele já fez mais do que o Onyx em seis meses”, em referência ao ministro da Casa Civil, afastado da articulação política. No Palácio do Planalto, a percepção é que Ramos conseguiu encontrar um denominador comum na interlocução com Rodrigo Maia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Fundo soberano negocia aporte na Rede D´Or

O GIC, fundo soberano de Cingapura, estaria negociando o aumento da sua participação no capital da rede D´Or. A operação ocorreria mediante um aporte da ordem de R$ 1,5 bilhão. O fundo asiático detém atualmente 16% do grupo hospitalar. A capitalização daria fôlego para novas aquisições. Recentemente, a Rede D´Or comprou a maternidade carioca Perinatal por aproximadamente R$ 800 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Direto na fonte

Segundo uma fonte do RR além-mar, o CasaSapo, um dos maiores portais de venda de imóveis de Portugal, deverá montar uma plataforma digital voltada exclusivamente a brasileiros. Além dos “classificados virtuais” de praxe, o pacote incluiria todo o serviço de consultoria para os interessados em obter cidadania portuguesa e fixar residência na “terrinha”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Faltam pontes entre a universidade e o trabalho

A direção da UNE quer aproveitar a realização do seu 57º Congresso, de hoje até domingo, em Brasília, para organizar uma manifestação contra a reforma da Previdência. O protesto deverá ocorrer na sexta feira,em frente ao Congresso. Além de estudantes, o comando da UNE tenta articular a participação de sindicatos da iniciativa privada e de servidores públicos. Até agora, no entanto, a adesão é pequena.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

O “sindicalista” Rodrigo Maia

Logo após o recesso do Congresso, em agosto, CUT e Força Sindical vão levar ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o esboço de um projeto para substituir a MP 873, que caducou no mês passado. As centrais apostam na disposição de Maia de andar na contramão do governo para emplacar suas propostas. Antes que o Palácio do Planalto apresente novo projeto para extinguir a contribuição sindical obrigatória, como prévia a MP 873.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Intentona

Credores da Saraiva concederam a si próprios “mandato” para vender a rede varejista. Um grupo de bancos e editoras procurou a Amazon e fundos de investimento. Só não há conversa com os controladores da companhia. Esses mesmos credores se movimentam para tirar a família Saraiva da gestão, conforme o RR antecipou na edição de 24 de junho.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Novos métodos

Romeu Zema está tão perturbado com as tentativas de interferência de João Amoedo no seu governo que já enxerga “algoritmos” do Partido Novo por trás de uma série de perfis nas redes sociais que têm bombardeado a sua gestão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Bola ou búrica

O chão treme na Embasa. O motivo é a possível nomeação do ex-OAS Claudio Villas Bôas para comandar a empresa de saneamento. Na estatal, corre a informação de que Villas Bôas chegaria como a missão de preparar o terreno para a privatização da Embasa. Bem, se não for ele, será outro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.19
ED. 6153

Ponto final

Procurados, os seguintes citados não retornaram ou não comentaram o assunto: Saraiva. GIC e CasaSapo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.