Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
08.07.19
ED. 6151

BB Tecnologia abre a venda de ativos do Banco do Brasil

A venda da BB Tecnologia e Serviços, braço de TI do Banco do Brasil, começa a sair do papel. De acordo com informações filtradas do próprio banco, grupos do setor já vêm sendo contatados pelo BB, a exemplo das norte-americanas Diebold e Unisys. A ideia é realizar a operação ainda neste ano. A principal isca para o negócio é a garantia de manutenção do contrato cativo com o BB, responsável por 95% das receitas da empresa, no valor aproximado de R$ 1 bilhão. O novo controlador teria ainda a possibilidade de oferecer serviços no mercado para terceiros. Hoje, a BB Tecnologia está integralmente indexada ao grupo: o restante do faturamento vem de contratos menores com Brasilprev, BB Previdência, Previ etc.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Interceptando Rogério Xavier

A exposição de Paulo Guedes na abertura do Expert XP, na última quinta-feira, lembrou as apresentações de Steve Jobs nos lançamentos de produto da Apple. Guedes foi inúmeras vezes aplaudido de pé por um auditório apinhado, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. No entanto, todo o consenso tem suas ranhuras. O RR resolveu espiar o que nomes respeitados do mercado financeiro andam falando sobre Guedes nas redes sociais. O primeiro garimpo vem do Twitter de Rogerio Xavier, da SPX, um dos maiores craques da administração de fortunas – sua gestora cuida de uma carteira de R$ 40 bilhões. A seguir, alguns comentários em referência a “PG” pinçados neste “Xavierleaks dell´arte”:

.“Ele quase pôs tudo a perder, mas deixa para lá. Ele é um péssimo operador. Por que não perguntam como foi a vida dele após a saída do Pactual??? E a saída do JGP… vocês são muito novos… desisto… não estou criticando as ideias, critico a execução. Será dá para entender???”

. “Se dependêssemos no PG estaríamos perdidos. Quem está tocando essa previdência se chama Rodrigo Maia. A reforma tributária se sair, quem vai tocar é o RM. vocês se iludem com o PG. O futuro mostrará quem é PG .”

. “Vamos fazer o seguinte? Deixa na mão do presidente e do PG para aprovar qq coisa e vamos ver no que dá…”

. Se for o Marquinhos Lisboa, Beca ou PG não importa. Que façam. Mas não fiquem tão PG dependentes, porque se for só por ele, esquece. Mas enfim, é só uma opinião, respeito quem não concorda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

“Impostômetro”

Em maio, mês que marcou o início da tramitação da reforma da Previdência, o governo liberou R$ 590 milhões em emendas orçamentárias. O número de junho ainda não está fechado, mas estima-se uma cifra superior a R$ 700 milhões. Entre janeiro e abril, a média mensal de emendas não passou dos R$ 242 milhões. Isso porque o governo Bolsonaro não faz “toma lá, dá cá…”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Diplomacia no agribusiness

Uma das primeiras consequências do affair diplomático entre Jair Bolsonaro e o príncipe Mohammad bin Salman, durante o G-20, no Japão deverá ser uma visita da ministra da Agricultura, Teresa Cristina, à Arábia Saudita. No início deste ano, os sauditas chegaram a suspender importações de carne de frango brasileira, gesto que foi interpretado na Agricultura como uma represália à possível mudança da embaixada brasileira em Israel.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Cargill vs. agricultores do cerrado

As associações de produtores de soja do Piauí e do Maranhão estão liderando um boicote contra a Cargill. Trata-se de uma represália à decisão da trading norte-americana de investir US$ 30 milhões em um fundo antidesmatamento na região do Cerrado. As entidades do agronegócio alegam que a “boa ação” da companhia lança sobre os produtores da região a pecha de desmatadores. Mais do que um carimbo simbólico, o rótulo pode trazer prejuízos financeiros aos agricultores, uma vez que várias tradings internacionais têm se recusado a comprar grãos produzidos em áreas devastadas. Os produtores rurais, inclusive, acusam a Cargill de estar agindo deliberadamente com o objetivo de pressionar os preços da soja em benefício próprio. O assunto deverá chegar ao Congresso: a bancada ruralista já articula uma moção de repúdio à companhia norte-americana. Segundo informações filtradas da própria Cargill, os norte-americanos tratam a reação dos produtores como um blefe. A empresa aposta que eles não terão fôlego suficiente para sustentar o boicote.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Uma conta a mais na bolsa da “Viúva”

O governador da Bahia, Rui Costa, vai encaminhar novo pedido de liminar ao STF reivindicando um empréstimo da União para o pagamento de R$ 1 bilhão em precatórios. Em abril, o ministro Luis Roberto Barroso negou a primeira solicitação do governo baiano. A “culpa” do assunto voltar à tona é do ministro Marco Aurélio Mello, que concedeu liminar semelhante ao governo do Maranhão, nesse caso para o resgate de R$ 600 milhões em títulos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Custo OEA

Diante do racha dos países americanos em relação à crise na Venezuela, um dos raros consensos da recém-encerrada 49ª Assembleia Geral da OEA foi a definição do orçamento da entidade para 2020: US$ 80 milhões. O Brasil será responsável pela segunda maior contribuição – US$ 10 milhões –, atrás apenas dos Estados Unidos (US$ 30 milhões). Foi a primeira revisão dos valores em cinco anos. A cota de cada país é definida com base em critérios como PIB e tamanho da população.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Justiça on demand

O TJ-RJ vai acelerar os trâmites internos para que a nova Vara especializada em crime organizado e milícia inicie seus trabalhos ainda neste mês. Não vão faltar “clientes”. Só na semana passada, a Polícia prendeu 42 suspeitos de participar de um grupo de milicianos em Itaboraí.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Trabalho de cão

A quem lhe pergunta sobre a perda da articulação política para o general Luiz Eduardo Ramos, Onyx Lorenzoni tem repetido com indisfarçável dose de cinismo: “O presidente sabe o que faz. Duas pessoas tomando conta do mesmo cachorro nunca dá certo”. Se depender da pressão do PSL, já, já o ministro Lorenzoni deixa o canil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

A título de chiste: o governo Bolsonaro ainda não deu posse a Roberto Campos Neto no Banco Central. Ao menos não no site do Palácio do Planalto, onde Campos Neto ainda aparece apenas como presidente indicado do BC.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.19
ED. 6151

Ponto final

Os seguintes citados não retornaram ou não comentaram o assunto: Banco do Brasil, Diebold, Unisys e Cargill.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.