Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
25.06.19
ED. 6142

Fundo de Lemann aumenta a aposta em fintechs

O RR apurou que Jorge Paulo Lemann vai fazer um novo aporte na plataforma de empréstimos Bom pra Crédito. O valor deve chegar a US$ 30 milhões. No ano passado, o Innova Capital, fundo capitaneado por Lemann para a área de startups, já havia injetado cerca de US$ 5 milhões no negócio. Não se trata de um mergulho isolado do investidor no mercado de fintechs.

De acordo com a mesma fonte, o Innova também está envolvido na montagem de uma fintech de pagamentos eletrônicos, que deverá operar no cobiçado mercado de adquirência. Ou seja: além dos grandes bancos, vai concorrer com empresas como Stone e PagSeguro. Ao todo, o Innova deverá desembolsar cerca de US$ 100 milhões para investimentos em startups da área financeira.

Desde que o Innova entrou no negócio, em outubro de 2018, a Bom Pra Crédito já teria ampliado sua carteira em cerca de 30%. A plataforma soma aproximadamente seis milhões de clientes cadastrados e algo em torno de R$ 400 milhões em intermediação de empréstimos juntos a bancos. Ressalte-se que o sobrenome Lemann já está há algum tempo vinculado a startups do setor fi nanceiro. Paulo Lemann, um dos rebentos de Jorge Paulo, é sócio da Fiduc, uma das primeiras fintechs do país dedicada à gestão de fortunas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Lava Jato da mídia

As majors da mídia estão em estado de fricção. O incomodo se deve ao acordo firmado pela Folha de S. Paulo com o The Intercept para divulgação dos e-mails, fotos e áudios hackeados dos smartphones de Sergio Moro e do procurador Deltan Dellagnol. A Folha pode muito bem, em meio a informações de interesse, divulgar conversas da concorrência com os procuradores e juízes. E aquilo que é dito na intimidade normalmente é o que não se quer jamais ver publicado nos jornais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Fila indiana

O nome de Natasha Gil Nunes estaria sendo cogitado para assumir a diretoria de Desestatização do BNDES, ocupada por Eliane Lustosa. Assim como Gustavo Montezano, novo presidente do banco, Natasha integra a equipe de Salim Mattar na Secretaria de Desestatização.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Amazon entra no jogo

Por meio de sua plataforma de streaming, a Amazon vai entrar na disputa por direitos de transmissões esportivas no Brasil. Os norte-americanos miram não apenas no futebol. Um dos alvos seria o Novo Basquete Brasil. Entre outros negócios, a Amazon já desembolsou cem milhões de libras por um pacote de jogos da Premier League.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Exceção

O general Santos Cruz era a exceção entre os ministros da ala militar nos elogios absolutos a Paulo Guedes. Discordava na dosagem de corte de gastos vis à vis a responsabilização dos “gastadores”. E não achava muita graça no show off do ministro da Economia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Fraude a caminho do arquivo-morto

A coalização com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, começa a render dividendos para Renan Calheiros. A investigação sobre a fraude na eleição à presidência da Casa, em fevereiro, foi praticamente suspensa. Nos corredores do Senado, o que se diz é que o corregedorgeral, Roberto Rocha (PSDB-MA) vai arquivar o caso sem sequer um relatório final. À época da fraude, pairaram fortes suspeitas de que Renan estaria por trás do voto a mais depositado na urna que quase melou a eleição do próprio Alcolumbre.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Mapa da mina

Responsável pela articulação política em torno da reforma da Previdência, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, vai concentrar seus esforços em cima de boa parte dos 47 senadores que votaram contra o decreto das armas de Jair Bolsonaro. Apesar da sinalização preocupante, nos cálculos do Palácio do Planalto é possível sensibilizar 25 desses 47 senadores a votar a favor da PEC da Previdência.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Leilão da Avianca enfrente nova turbulência

Segundo informações filtradas junto à ANAC, a Swissport prepara um novo recurso judicial com o objetivo de barrar a venda de ativos da Avianca. É mais uma ameaça ao leilão, já suspenso, postergado e agora remarcado para 10 de julho. O grupo suíço, que presta serviços para companhias aéreas e é um dos principais credores da empresa de German Efromovich, já havia entrado com uma ação no TJ-SP, mas foi derrotado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

O corporativismo é uma doença autoimune?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) vai julgar, na segunda quinzena de julho, o processo administrativo contra a médica Virgínia Soares de Souza, que ganhou a alcunha de “Dra. Morte”. Chama a atenção o tempo que o CFM levou para apreciar o caso. O julgamento ocorrerá apenas seis anos depois de Virginia ter sido acusada de participar da morte de oito pacientes na UTI do Hospital Evangélico de Curitiba entre 2006 e 2013. Parece até que o CFM esperou pelo veredito da Justiça comum para balizar o seu próprio juízo: Virginia, cabe lembrar, já foi absolvida em primeira instância pelo TJ-PR.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Pão de queijo no forno

A Casa do Pão de Queijo, tradicionalíssima rede controlada pela família Carneiro, entrou no cardápio de aquisições da Internacional Meal Company (IMC). O negócio já leva a assinatura do empresário Carlos Wizard, do Grupo Sforza, que está em processo de fusão com a IMC, dona das redes Viena e Frango Assado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Auto-extinção

O projeto de extinção da Valec é que está praticamente extinto. Pelo menos para 2019 o assunto já saiu do radar do ministro Tarcísio de Freitas. É esforço demais para resultado de menos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Preso comum

Desde que deixou Curitiba e passou a ocupar uma cela em Bangu 8, Eduardo Cunha tem recebido apenas familiares e seus advogados. Até o momento, nenhum político e muito menos algum velho aliado do MDB do Rio – entre os que estão soltos, claro – foram visitá-lo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.19
ED. 6142

Ponto final

Os seguintes citados não retornaram ou não comentaram o assunto: Innova Capital, IMC, Swissport e Casa do Pão de Queijo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.