Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
20.05.19
ED. 6117

O general em seu labirinto

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, considerado o assessor com maior influência sobre o presidente Jair Bolsonaro, corrobora em grande parte a paranoia do seu comandante em relação às corporações. Heleno alivia os militares, até por uma questão de esprit de corps. Mas nutre a mesma fantasia persecutória em relação ao Congresso Nacional, empresários, mídia, academia e toda a esquerda, claro. Seria ingenuidade pensar que Heleno desconhece todas as postagens feitas por Bolsonaro. O general está ao lado do presidente em todos os instantes porque acredita em seu diagnóstico, ou seja, que o “Sistema quer matá-lo”. Trata-se de uma metáfora. Pelo menos espera-se que assim seja.

O general fora do labirinto

O presidente Jair Bolsonaro pode até considerar que os militares são seus adversários. Mas não é este o pensamento no Clube Militar, uma espécie de istmo das Forças Armadas – seu quadro associativo reúne cerca de cinco mil oficiais da reserva. O general Eduardo Barbosa, presidente da entidade, afirmou ao RR que não há qualquer motivo para o Clube criticar o governo Bolsonaro. “Primeiro, porque a gestão tem apenas cinco meses. E, até o momento, está seguindo a linha que entendemos ser a correta, da ética, da moral, de acabar com a corrupção e o ‘toma lá, dá cá'”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Rede D´Or esbanja saúde

O Carlyle e o GIC, fundo soberano de Cingapura, preparam um aporte de capital na Rede D´Or. O valor seria de R$ 3 bilhões. As ordens de grandeza do grupo não permitem outras cifras. A Rede D´Or gastou R$ 7 bilhões em aquisições nos últimos cinco anos e já anunciou um investimento de R$ 8 bilhões na construção de dez hospitais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

FMI a caminho

Uma missão do Fundo Monetário Internacional, composta por seis técnicos, vai percorrer alguns países da América do Sul nas próximas semanas, a começar por Argentina e Paraguai. O Fundo já solicitou uma audiência ao governo brasileiro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

A bala…

Acredite quem quiser: integrantes da bancada da bala chegaram a cogitar uma forma sui generis de celebrar o decreto assinado por Jair Bolsonaro que flexibiliza o porte de armas no país: uma salva de tiros no gramado do Congresso. Em nome do bom senso, a saraivada foi descartada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

…A Bíblia…

Líderes evangélicos do Rio de Janeiro, à frente a Igreja Universal, já estão convocando fiéis para uma vigília em frente à Câmara dos Vereadores na madrugada de 4 de julho. Trata-se da data prevista para a votação do impeachment do prefeito Marcelo Crivella.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

…E o boi

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, deu sua palavra à “bancada do boi”: a MP 867/2018 será votada no plenário ainda neste mês. A proposta flexibiliza o Código Florestal e anistia os agropecuaristas que respondem a processos de desmatamento instaurados até julho de 2008.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

A ausência forçada de José Dirceu

O retorno de José Dirceu à prisão impedirá uma oportuna agenda. Na semana passada, o “Comandante” havia aceitado o convite para participar do 5º Salão do Livro Político, que será realizado no próximo dia 30, na PUC-SP. Dirceu falaria sobre os cenários da esquerda na América Latina. Mais importante do que o tema da palestra era o timing: o petista se apresentaria para uma plateia eminentemente de estudantes e professores apenas duas semanas depois das manifestações contra os cortes no orçamento da educação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Linha 6 sai do buraco

O governo Doria planeja retomar as obras de construção da Linha 6 do Metrô ainda neste ano. A data cabalística para a retomada do projeto é agosto, quando expira o contrato de concessão com o antigo consórcio Move São Paulo, ainda responsável pelos serviços de segurança e manutenção dos canteiros de obra. Estima-se que a conclusão da linha exigirá cerca de R$ 2 bilhões dos cofres públicos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

“Lobby da malhação” chega ao Congresso

Enquanto o país pega fogo, o baixo clero do Parlamento encontra tempo para suas pautas sui generis. Nesta semana, começou a circular na Câmara dos Deputados um projeto de lei que garante o livre acesso de personal trainer nas academias. A justificativa é acabar com a cobrança de um valor adicional quando os alunos levam o seu próprio preparador. O autor da proposta é o deputado Gil Cutrim (PDT-MA). Quem sabe não é o início de uma “bancada da malhação”?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Um peixe servido em postas

Curioso, não mais do que curioso. Na semana passada, começou a circular em grupos de WhatsApp uma mensagem sobre desvios de recursos e cadastros irregulares no seguro-defeso, proteção social concedida aos pescadores artesanais, que são obrigados a interromper sua atividade na época de reprodução dos peixes. Bem ao estilo das redes sociais e congêneres, o texto, apócrifo, era caracterizado pela indignação e pelo tom de denúncia contra mais uma “roubalheira” do PT. Citava, inclusive, a existência de crianças de sete anos inscritas no programa. Dois dias depois, o seguro-defeso viraria assunto oficialmente na grande mídia. O Ministério da Agricultura anunciou um drástico corte no programa, alegando ter pescado fraudes no valor total de R$ 3 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Passos e descompassos

A fábrica da Olimpikus em Horizonte (CE) é uma ilha dentro da Vulcabras. Produz calçados 24 horas por dia, os estoques são reduzidos e a companhia já planeja uma expansão. Tudo na contramão do cenário da própria Vulcabras. A empresa da família Bartelle vem sofrendo com seguidas quedas de Ebitda – em 2018, a redução foi de 26%, estoques crescentes e a retração da economia na Argentina, onde tem uma importante operação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Cabral & Picciani

A “nova geração” do MDB do Rio – leia-se, notadamente, Leonardo Picciani e Marco Antonio Cabral – tem feito sucessivas aproximações do governador Wilson Witzel.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Múltiplos sinais

Pouco antes do evento da última terça-feira na Força Sindical, em conversa reservada com o presidente da entidade, Miguel Torres, FHC fez duras críticas à prisão de Michel Temer. Confidenciou também que pretende se encontrar com o ex-presidente nos próximos dias. Tratando-se de quem se trata, a última coisa que FHC queria era que a história morresse ali dentro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.05.19
ED. 6117

Ponto final

Os seguintes citados não retornaram ou não comentaram o assunto: Rede D´Or e Vulcabras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.