Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
24.01.19
ED. 6040

Governo Bolsonaro desata os nós dos acordos de leniência

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes Freitas, vão coordenar uma nova regulamentação dos acordos de leniência. O propósito não é mudar, na essência, a legislação existente. Mas evitar que os órgãos envolvidos no resgate da idoneidade das empresas não tropecem uns nos outros, desautorizando-se entre si. Até agora, os acordos de leniência têm feito mais a alegria dos escritórios de advocacia do que o das próprias empresas da construção pesada envolvidas na Lava Jato. As discussões estão sendo feitas junto ao Ministério Público, Advocacia Geral da União (AGU), Controladoria Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU). São esses órgãos que batem cabeça quando o assunto é a leniência das empreiteiras.

Todas as majors do setor estão enredadas nessa teia de habilitações e banimentos. É consensual a necessidade de uma re-regulamentação para blindar as empresas desse processo kafkaniano. O ministro da Infraestrutura é quem se mostra mais convencido da urgência da reabilitação das empresas hoje impossibilitadas de assinar contratos com o setor público. O governo pretende implementar uma agenda pesada em infraestrutura.

Dá para fazer sem as empreiteiras peso pesado? Até dá. Mas é muito mais difícil levantar esse canteiro de obras somente com médias empresas nacionais e estrangeiras. Gomes Freitas está fazendo gestões também para evitar que uma nova versão da Lei das Licitações passe incólume pelo veto da Presidência da República. A malsinada legislação exige que os participantes tenham uma certidão negativa ampla, geral e irrestrita. Isso tiraria do páreo as empresas que estão em recuperação judicial e reestruturando suas dívidas. A AGU já anunciou que vai assinar quatro acordos de leniência ainda este ano. A Camargo Correa deverá ser a primeira contemplada. Ocorre que a Camargo já fez acordos com o MPF e o Cade. Será que posteriormente terá também que pedir a bênção ao TCU?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Coaching não é com X

As postagens de Eike Batista nas redes sociais como um “coaching internético” tem provocado desavenças no lar. Há na prole do Batista quem considere o programa nocivo ao pai. Aliás, a todos da família. É difícil mesmo assistir e achar que o negócio seja sério.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

O tango da Renner

O RR apurou que a Lojas Renner prepara-se para desembarcar na Argentina neste ano – em 2017, a rede entrou no Uruguai, onde já tem sete lojas. Será o batismo de fogo de Fabio Faccio. A partir de abril, o executivo terá a responsabilidade de comandar a Renner no lugar de José Galló, tratado como um mito por aquelas plagas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Carrefour digital

O Carrefour vai transformar seu banco no Brasil em uma gôndola de fintechs. Os franceses estão garimpando o mercado em busca de soluções digitais, notadamente para crédito e pagamentos eletrônicos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Papo reto

Uma das primeiras entidades de classe a se encontrar com o vice-presidente Hamilton Mourão, o Instituto Aço Brasil reúne seus executivos na próxima terça-feira para uma conversa com o ministro Paulo Guedes. No encontro será discutida a ideia do governo de reduzir as alíquotas de importação do produto. Algo estranho, pois o mundo caminha em outra direção. Depois dos Estados Unidos, também a União Europeia, na semana passada, adotou medida de salvaguarda para impedir que o aço fabricado em outros países invada o continente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Venceu, venceu

Ilan Goldfajn atravessou seu mandato no Banco Central personificando um dilema: teria mantido os juros altos demais em um momento que a inflação já imbicava para baixo, provocando desemprego e queda da atividade econômica; ou segurado os juros para reforçar a ancoragem das expectativas, queda firme da inflação e uma redução das taxas feita de forma consistente? Com a queda da inflação e a perspectiva de juros estáveis a perder de vista, Ilan ganhou a parada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Lava Jato avança no Rio

O juiz Marcelo Bretas tem encontro hoje com investigados na Operação Calicute, que representou a 37ª fase da Lava Jato e teve como principal alvo o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. Bretas interroga Adriano José Reis, membro de um clã que comanda concessionárias no Rio de Janeiro e delatou esquema de blindagem fiscal no governo Cabral e Carlos Emanuel de Carvalho, apontado como operador financeiro do ex-governador.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

O Minhocão balança. Vai cair?

Decidido a sair da sombra do antecessor, João Doria, e alavancar seu nome para 2020, o prefeito Bruno Covas prepara uma série de intervenções urbanas em São Paulo. O pacote de obras, segundo o RR apurou, será anunciado após o Carnaval. Um dos projetos mais radicais em estudo é a demolição do Minhocão, inaugurado em 1971 na primeira gestão de Paulo Maluf. A inspiração vem da gestão de Eduardo Paes, que botou abaixo a Perimetral, uma serpente de concreto de mais 5,5 km de extensão, dois a mais do que o viaduto paulistano. Consultada, a Prefeitura informou que “a Lei nº 16.883, sancionada em 7 de fevereiro de 2018, determina a elaboração de um Projeto de Intervenção Urbana (PIU) que tenha como elemento o Parque Municipal do Minhocão, com objetivo de estabelecer a destinação definitiva do Elevado na Cidade de São Paulo.” Para bom entendedor…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Quero-Quero

O Advent bateu o martelo: o IPO da Quero-Quero, rede de material de construção com mais de 240 lojas no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, sai até junho. Os norte-americanos garantem que agora é para valer. A abertura de capital da empresa varejista já foi programada e engavetada duas vezes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Novo Status

Cairo Costa Duarte, delegado da Polícia Federal e um dos responsáveis por investigar a corrupção envolvendo o ex-governador Fernando Pimentel (PT) no âmbito da operação Acrônimo, vai assumir em fevereiro a superintendência de Minas Gerais. Cairo escreveu uma carta de despedida aos colegas da polícia na terça-feira, 21. Ficará a cargo dele monitorar a investigação que apura se existem outros envolvidos no atentado contra o presidente Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, ocorrido na campanha eleitoral.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Calma, ministro!

No grupos de WhatsApp que circulam em Brasília sobre a eleição para a cadeira de presidente da Câmara dos Deputados o discurso de desconforto é um só: o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni está exorbitando de suas funções e não deve agir como um “embaixador do DEM”. Para um interlocutor do próprio partido, falta a seu colega refletir sobre uma citação de Ulysses Guimarães: “a única coisa que mete medo em político é a voz rouca das ruas”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Estrela 4.0

Carlos Tilkian vai “brincar” de venture capital. O dono da Brinquedos Estrela deverá financiar startups em busca de parceiros para a empresa. É a corrida pelo desenvolvimento de brinquedos com mais tecnologia. É isso ou sair do jogo de vez.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.19
ED. 6040

Ponto Final

Procuradas, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Lojas Renner, Carrefour, Advent e Estrela.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.