Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
14.01.19
ED. 6032

BB DTVM e Caixa Asset podem ser embrulhadas no mesmo pacote

O governo cogita a fusão das gestoras BB DTVM e Caixa Asset. Não faria, portanto. o IPO de cada uma delas isoladamente, mas, sim, da nova e musculosa empresa, que já viria ao mundo com uma carteira total de ativos superior a R$ 1,5 trilhão. Se antes a abertura de capital das duas empresas era considerada um negócio de retorno discutível, devido à baixa escala do mercado e ajustes internos que precisam ser feitos em ambas, a BB/CEF Asset torna o cenário para o IPO bastante positivo. A expectativa é que a joint venture seja um grande originador de operações.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

A nova comunicação do Planalto

Diagnóstico feito por um colaborador do Palácio do Planalto, que teria sido enviado para o Secretário de Governo, general Carlos Alberto Santos e Cruz:

  • O Palácio do Planalto precisa de uma Secom forte, mas diferente dos tempos do PT, quando era movida a verba publicitária.
  •  A estrutura de comunicação deve dar prioridade a uma blogosfera própria. Ou seja: é preciso multiplicar os canais de rede social, para pulverizar a disseminação de conteúdo.
  •  É preciso formar alianças na blogosfera privada, privilegiando o acesso à informação. Recomenda-se a construção de canais diretos de interlocução.
  • As redes sociais são essenciais. O governo deveria espalhar sua comunicação por meio desses veículos.
  • A mídia convencional sempre terá seu papel, mas ele irá se tornando cada vez mais cadente.
  •  É importante observar que a comunicação na mídia televisiva precisa contemplar não somente a audiência, mas o target temático. O governo deverá estar bem mais presente nas emissoras com programação popular e dirigida a nichos de apoio à gestão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Uma quinzena de alto calibre

Jair Bolsonaro vai comemorar sua primeira quinzena no Planalto dando tiros para o alto. Deverá assinar até amanhã o decreto que flexibiliza a posse de armas. O texto revisado e aprovado pelo próprio Bolsonaro no fim de semana prevê a extensão do tempo de registro de cinco para 10 anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Estão voltando as flores

A América Móvil/Claro, de Carlos Slim, fechou seu pacote de investimentos no Brasil para 2019. Segundo o RR apurou, a cifra passa dos R$ 10 bilhões.

A portuguesa Galp – leia-se a chinesa Sinopec, sua controladora – bateu o martelo: vai aportar cerca de 400 milhões de euros no Brasil ao longo deste ano, valor confirmado pela própria empresa. A cifra, ressalte-se, envolveria apenas os 17 ativos de exploração e produção que já estão sob o seu guarda-chuva. Não entram nessa conta novos leilões da ANP.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Target

O target de Paulo Guedes é um minúsculo superávit primário e redução do crescimento da dívida pública bruta em relação ao PIB, em 2019. O ministro diz que as previsões do Focus nesse campo são uma bobagem.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

As águas vão rolar?

Vai faltar investidor para tanto ativo na área de saneamento. O governo do Rio Grande do Sul estuda a privatização da Corsan. Vai se juntar à paulista Sabesp e à mineira Copasa, também na prateleira. Para não falar do IPO da goiana Saneago.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Concessão do Pacaembu a caminho

A licitação do Pacaembu deverá marcar o pontapé inicial do programa de concessões da Prefeitura de São Paulo. Segundo o RR apurou, a ideia é ofertar o estádio ao mercado até abril. Para isso, no entanto, serão necessárias algumas divididas mais
fortes no Judiciário. O processo de concessão está travado na Justiça desde o fim do ano passado. O Ministério Público questiona a concessão ao município de toda a área do Pacaembu, originalmente pertencente ao estado. O leilão já atrai grandes grupos internacionais. Segundo o RR apurou, um dos principais interessados é a Lagardère, conglomerado francês herdado pela brasileira Bethy Lagardère, socialite triple A do jet set internacional. Consultada pelo RR, a Prefeitura confirma que a “SP Negócios manteve reunião com executivos da Lagardère em 2017”. Na época, no entanto, “o grupo demonstrou interesse limitado pelo Complexo do Pacaembu, justificando que seu foco é a gestão de estádios”. A licitação do Pacaembu envolve a administração de outros vários ativos, além da arena. Depois disso, segundo a Prefeitura, “não houve outro encontro”. Ao que parece, algo mudou nos planos da Lagardère. É provável que o Pacaembu tenha se tornado seu Plano A no Brasil, após a fracassada tentativa de fisgar o Maracanã, há cerca de dois anos. Procurado, o conglomerado francês não se pronunciou.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Oposição fatiada

Se depender da oposição, Rodrigo Maia já pode celebrar sua reeleição à presidência da Câmara. Contrários a Maia, PDT, PCdoB e PSB não conseguem chegar a um consenso sobre que candidato apoiar. Os peessebistas fazem barulho por um nome do partido, o deputado alagoano João Henrique Caldas. Já o PCdoB e o PDT se dividem entre Fábio Ramalho e Alceu Moreira, do MDB, e Arthur Lira (PP). Ou seja: são grandes as chances de que os 69 votos dos três partidos se esfarelem entre os quatro candidatos. Rodrigo Maiaagradece.

No Senado, a história se repete. Carlos Lupi, presidente do PDT, ensaia o lançamento da candidatura de Katia Abreu. No entanto, as primeiras conversas com legendas próximas, como o próprio PSB, foram desanimadoras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Prontuário

O fundo chileno Kinza Capital está prospectando ativos na área de healthcare no Brasil, notadamente no segmento hospitalar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Aché nos Estados Unidos

O Aché, um dos maiores grupos farmacêuticos do país, elegeu 2019 como o ano da aquisição de um laboratório nos Estados Unidos. A empresa das famílias Siaulys, Baptista e Depieri, já tem um pé no mercado norte americano por meio de uma parceria com a RFI Ingredients.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

IPO à vista

O Banco Modal estaria tirando da gaveta o projeto de abertura de capital da sua corretora, a Modalmais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Eduardo Cunha reloaded

Derrotada na eleição para a Câmara, Danielle Dytz da Cunha não desiste de seguir os passos do pai, Eduardo Cunha. Passou a bater ponto quase diariamente no antigo escritório de Cunha, no 29º andar do tradicional Edifício De Paoli, no Centro do Rio. No QG, presta serviços de consultoria política, quase sempre para assuntos relacionados ao MDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.19
ED. 6032

Ponto final

As seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Modal e Aché.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.