Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
20.12.18
ED. 6019

Federais vs. federais nos aeroportos brasileiros

Há uma ossada do já remoto governo Lula que deverá atingir Jair Bolsonaro nas primeiras horas do seu governo. Trata-se do Decreto que obriga auditores da Receita Federal a passar por scanners de inspeção em áreas reservadas de aeroportos. À primeira vista, pode parecer uma questão menor ou um mero melindre corporativista restrito a uma categoria do funcionalismo público.

Nos últimos dias, como forma de pressão para derrubar o decreto, fiscais da Receita iniciaram uma operação tartaruga no aeroporto de Viracopos, causando não apenas um caos no desembaraço de mercadorias no terminal de cargas, mas levando a situações de embate entre agentes do Fisco e da Polícia Federal. Entre outros protestos, auditores colocaram cadeados em alguns locais do aeroporto de Campinas para dificultar o acesso de outros funcionários. Agentes da PF foram acionados para cortar os lacres. Ato contínuo, fiscais da Receita deram voz de prisão a agentes e segurança privada que foram chamados para auxiliar no trabalho de liberação de alas do terminal de cargas.

A situação pode se agravar, com a crescente possibilidade de repetição do protesto em outros aeroportos e automática resposta da PF na repressão às manifestações. A revista eletrônica passou a ser obrigatória desde a última sexta-feira, quando a agência conseguiu derrubar na Justiça o mandado de segurança que suspendia os efeitos do polêmico decreto de 2010. O imbróglio tem outras consequências nocivas, que ganharão ainda mais dimensão caso os protestos dos auditores se espalhem por outros aeroportos. Uma das principais é o atraso no desembaraço de mercadorias e o aumento de custos para as companhias aéreas. No início desta semana, por exemplo, voo da Atlas Air Cargo ficou completamente sem atendimento devido à operação tartaruga. Ontem, mais uma vez no terminal de Viracopos, um chefe-adjunto da Receita ordenou o fechamento de um portão, impedindo a liberação de cargas para as transportadoras rodoviárias. Segundo o RR apurou, quase aos gritos, ele dizia que ia “parametrizar” tudo no despacho. Sabe-se lá o que queria dizer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Toffoli estraga a ceia da “santíssima trindade” do PT

Alegria de petista dura pouco. O ministro Dias Toffoli derrubou uma animada confabulação que não sobreviveu mais do que algumas horas na tarde de ontem. Logo após a decisão de Marco Aurelio Mello de soltar prisioneiros condenados em segunda instância, o ex ministro Gilberto Carvalho iniciou consultas para o que seria um réveillon conjunto de Lula, José Dirceu e Dilma Rousseff. A premissa é que não poderia haver fato político mais emblemático para a esquerda do que a reunião das três maiores lideranças do PT, afastadas à sua revelia desde a prisão de Dirceu. Na visão do grande amigo de Lula, o encontro dos três remontaria, simbolicamente, à formação da Frente Ampla, que uniu Carlos Lacerda, Jango e JK contra a ditadura – ainda que “ampla” de um partido só. Mas Gilberto Carvalho não teve tempo sequer de engatar a terceira marcha nas conversas dentro do PT. Toffoli acabou com o devaneio de um Natal com a “santíssima trindade” petista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Citic põe lenha em ferrovia de US$ 3 bilhões

Um dos grandes projetos ferroviários do país deverá sair da gaveta já em 2019. O grupo chinês Citic mantém conversações com a equipe do governador reeleito do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, para a construção da ferrovia entre Dourados e Paranaguá (PR). O empreendimento de US$ 3 bilhões daria uma nova configuração ao mapa logístico do agronegócio no Centro-Oeste, com a rota de escoamento de grãos pelo Porto de Paranaguá.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Abilio a caminho da aposentadoria?

Pode ser coisa do cansaço da idade ou, então, novos hábitos e preferências, mas é fato que Abilio Diniz tem confessado estar gostando mais de dar palestras de autoajuda ou posar de coaching do que tourear corporações eletrizantes. Os episódios recentes comprometendo-o com o Ministério Público devem ter ajudado nesse súbito enjoo da posição de CEO e chairman das companhias. Abilio quer ser um superstar para outras numerosas plateias. Com o dinheiro que tem, investe em um TED só para ele estrelar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Tropa de choque

A estratégia de Jair Bolsonaro de usar os governadores como agentes de pressão sobre o Congresso promete dar resultados. João Doria manobra, desde já, para que a bancada paulista do PSDB vote em peso pela redução da maioridade penal, um dos principais projetos da “pauta Bolsonaro” logo na partida do seu mandato.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Transmissão contínua

Logo após o leilão de 16 lotes de linhas de transmissão marcado para hoje, com investimentos previstos de R$ 13 bilhões, o corpo técnico da Aneel já virará a chave e começará a trabalhar em uma nova rodada de concessões. A agência reguladora pretende ofertar as novas licenças em abril de 2019.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Com a palavra, a Tivit

Por uma falha no nosso servidor de e-mails, o RR não contemplou a resposta enviada pela Tivit em relação à nota veiculada na edição de ontem. A newsletter lamenta o ocorrido, pela sua tradição de respeitar e abrir espaço para o direito de resposta das empresas e personagens citados, e publica a seguir o posicionamento da companhia. Em relação à notícia sobre vazamento de dados da empresa, a Tivit confirmou que, “na semana passada, identificou que nove funcionários foram vítimas de um ataque de ‘phishing’, durante o qual os cibercriminosos tiveram acesso a informações contidas nos computadores desses colaboradores”. Ainda segundo a Tivit, “os cibercriminosos que conduziram o ataque divulgaram em sites especializados que tiveram acesso aos arquivos desses funcionários”. A empresa ressalta que “seus data centers não foram invadidos; as redes dos clientes também não foram invadidas e o incidente ficou limitado a poucos computadores de funcionários que acessaram o documento infectado por meio de um link malicioso de e-mail”. A Tivit informou ainda que “estamos lidando com esse tema com a mais alta prioridade e contratamos profissionais externos (suporte jurídico e de especialistas de TI) para tomar todas as medidas necessárias para que o problema não se repita”. Segundo a empresa, “todos os clientes envolvidos já foram devidamente comunicados”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Pomar mineral

Se espremer direitinho os 90 requerentes para pesquisa mineral na Reserva Indígena Raposa Terra do Sol, é capaz de encher um balde com suco de laranja. Não custa lembrar que Eike Batista estudou bastante a região. Vai ver é um Pomar mineral dos requerentes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Reaquecimento

Sinal de alento para o mercado imobiliário: a Cyrela já vendeu cerca de R$ 1,5 bilhão em lançamentos previstos para os próximos dois anos. É provável que Elie Horn, dono da construtora e apoiador de primeira hora de Jair Bolsonaro, já tenha feito a boa nova chegar ao Capitão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Vidas secas

Uma terra árida que será herdada pelo governo Bolsonaro: neste mês, chegou a 100 o número de usinas sucroalcooleiras paradas em todo o Brasil sem recursos para voltar a operar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.18
ED. 6019

Ponto final

Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Tiger Global, Cyrela e Citic.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.