Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
07.12.18
ED. 6010

Nem a CVM escapa do apetite de Moro

Em meio às discussões sobre a transferência de funções e órgãos de governo para o Ministério da Justiça, o entorno de Sérgio Moro levantou outra bola. Por que não transferir a função de polícia da CVM para o novo superministério? A delegação para perseguir os detentores de informações privilegiadas é a licença que falta no estoque de instrumentos de Moro contra a corrupção. A CVM ficaria com a regulamentação e fiscalização das normas. Diga-se de passagem, a autarquia sempre foi um xerifetímido ou mesmo ausente. Moro está em pleno gozo do controle do Coaf. E já avisou aos banqueiros que pretende prestar especial atenção aos desvios das instituições financeiras. O policiamento dos crimes no mercado de capitais, pedaço mal tratado da CVM, cai como uma luva em suas mãos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Voto impresso racha os “bolsonaristas”

Uma pauta controversa provoca fissuras no núcleo duro do próximo governo. A bancada do PSL, notadamente o Major Olímpio, costura o apoio de outras legendas para a aprovação do voto impresso obrigatório. Aliada do PSL, a deputada eleita Bia Kicis (PRPDF) deverá apresentar, logo no início do mandato, projeto de lei determinando a adaptação do atual sistema do TSE para a impressão dos comprovantes de votação em todas as urnas eletrônicas. A premissa é a redução do risco de fraude eleitoral. A medida, no entanto, encontra resistências entre os assessores de Bolsonaro para a área de segurança. O temor é que o governo eleito com um forte discurso de combate ao crime organizado acabe dando um presente de bandeja para traficantes, milicianos e congêneres. Estes passariam a ter uma arma de grosso calibre para coagir o eleitor a votar em candidatos de seu interesse, com a devida “prova do crime”. Dados da Inteligência da PF indicam que criminosos têm influência direta sobre as eleições em pelo menos nove estados. Como seria de se esperar, o caso mais dramático é o Rio de Janeiro. Só no Grande Rio, estima-se que mais de dois milhões de eleitores vivam em áreas sob ingerência de traficantes e milícias.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Transiberiana

A RZD, uma das maiores concessionárias de ferrovias da Rússia, já colocou na mesa da equipe de transição um estudo de viabilidade para a construção e operação da Norte-Sul. O leilão de um dos trechos, com extensão de 1,5 mil km, está marcado para março de 2019. O investimento beira os R$ 3 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Cheque caução

A Invepar prepara uma emissão de títulos no exterior para o início de 2019. O dinheiro nem chegará a esquentar no seu caixa. Será usado para quitar uma dívida de R$ 1,2 bilhão com o árabe Mubadala e a norte-americano Farallon Capital. A fatura venceu em novembro, mas a Invepar ganhou um waiver de 90 dias.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Superávit de apoios

O que há em comum entre o ministro Eliseu Padilha e o ex-presidente do Banco do Brasil Paulo Rogerio Caffarelli? Ambos fazem campanha pela permanência de José Mauricio Coelho à frente da Previ. Seu trunfo é o superávit da fundação de R$ 15,4 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Senado às moscas

O Senado virou uma cidade-fantasma. Diante da maior renovação da sua história – das 54 vagas em disputa, 46 foram conquistados por novatos –, os senadores já não estão nem aí com a hora do Brasil. Na última quarta-feira, por exemplo, após a chamada nominal cinco integrantes da Comissão de Ciência e Tecnologia ficaram por mais de uma hora esperando a chegada de ao menos quatro companheiros – o regimento exige a presença mínima de nove componentes para o início dos trabalhos. Ninguém mais apareceu.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Michel Temer não tem indulto

O Congresso está gastando os últimos cartuchos de pressão e barganha contra Michel Temer. O senador Otto Alencar conseguiu as 28 assinaturas necessárias para a PEC que atribui ao Conselho Nacional de Justiça a prerrogativa de conceder indulto, retirando o direito da Presidência da República. É pouco ou nada improvável que a PEC seja votada ainda neste ano – até porque isso exigiria, inclusive, a suspensão da intervenção federal no Rio. Mas o teatro está armado. Na próxima terça-feira, Alencar apresentará um requerimento para que a PEC tramite em regime especial para ser levada a plenário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Manaus chora o refrigerante derramado

O governador eleito do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e congressistas do estado têm feito uma romaria junto à equipe de transição de Jair Bolsonaro. Levam o pleito de que Bolsonaro revogue o decreto assinado por Michel Temer em setembro, que ceifou os incentivos tributários federais via IPI concedidos a fabricantes de concentrados de bebidas instalados na Zona Franca de Manaus. Lima teme iniciar seu mandato sob uma revoada de empresas e empregos. O receio é que AmBev e Heineken sigam os passos da Pepsico. A Pepsico não se fez de rogada e anunciou o fechamento de sua fábrica na Zona Franca em resposta ao corte dos benefícios fiscais, demitindo cerca de 50 trabalhadores. O governador eleito do Amazonas carrega a esperança de que uma reversão do decreto possa fazer com que a própria multinacional norte-americana volte atrás na sua decisão. A missão de Lima, no entanto, é das mais duras. Como se sabe, Paulo Guedes e sua equipe transpiram hectolitros de antipatia em relação a incentivos fiscais à indústria.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Crime organizado

Segurança pessoal virou obsessão dos “bolsonaristas”. Assim como Joice Hasselmann, a deputada estadual eleita Janaina Paschoal também  foi orientada pela cúpula do PSL a reforçar seu aparato de proteção.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Copel Telecom à venda

O governador eleito do Paraná, Ratinho Junior, autorizou sua equipe a iniciar os estudos para a venda da Copel Telecom, o braço de telecomunicações da distribuidora de energia. E quanto à própria Copel? Essa ficará exatamente onde está.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Pobre Aécio

Aécio Neves, que costumava usar jatos fretados nos deslocamentos entre Belo Horizonte e Brasília, tem feito o trajeto de carro. Talvez tenha mesmo perdido as facilidades do passado; talvez seja isso que Aécio queira que todos pensem.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Conta própria

O ministro da Indústria e Comércio Exterior, Marcos Jorge, antecipou o fim do seu mandato. Entediado com a rotina de mero fornecedor de dados para a equipe de transição, saiu de férias.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18
ED. 6010

Ponto final

Procuradas, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Petrobras, Murphy Oil e Invepar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.