Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
29.10.18
ED. 5983

Paulo Guedes incorpora Roberto Campos e prepara um cardápio de medidas para a posse

O futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes, trabalha dia e noite com sua equipe para, tão logo Jair Bolsonaro tome posse, anunciar um grandioso programa de medidas. Guedes, segundo a fonte do RR, vai apresentar as ações imediatas e de médio e longo prazos. Muitas ações. Como tem uma verdadeira fixação em Roberto Campos, estaria se inspirando no ex-ministro em seu discurso de posse no Senado. Na ocasião, Campos anunciou nada mais, nada menos, do que 100 projetos de lei. Paulo Guedes talvez seja o mais ferrenho discípulo, no Brasil, das teorias dos economistas Robert Lucas Jr. e Thomas Sargent, apóstolos da teoria das expectativas racionais. Não quer deixar um fiapo de tempo para que os operadores do mercado iniciem suas especulações. Vai trabalhar as expectativas desde a primeira hora. O virtual ministro sabe disso porque, além de economista, conhece como se comportam as raposas da área financeira. E preparem-se para ver Guedes ocupando todos os espaços para argumentar. Ele é um dos economistas mais bem dotados de inteligência verbal do país. O RR tem críticas de sobra a atitudes de Guedes em sua trajetória, mas duvida e dobra a aposta quando dizem que ele não aguentará o tranco ou sairá choramingando logo que um dos quatro estrelas de Bolsonaro apertá-lo. Paulo Guedes se preparou a vida toda para esse momento. Quanto maior o desafio maior o seu estímulo. Seu ego é maior do que o de Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Chineses avançam sobre Santo Antônio

A chinesa State Power Investment Corporation (SPIC) já mantém conversações com a equipe do governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema. Os asiáticos pretendem apresentar até o fim de novembro, ainda na gestão de Fernando Pimentel, uma proposta pela participação da Cemig na hidrelétrica de Santo Antônio. O negócio, no entanto, só deverá ser concluído no primeiro trimestre de 2019, portanto já no mandato de Zema. A operação é complexa, pois envolve também a aquisição de fatias acionárias pertences a outros sócios, como Andrade Gutierrez e um FIP administrado pela Caixa Econômica. A participação da Cemig está avaliada em aproximadamente R$ 300 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

O combustível final de Temer

O presidente Michel Temer está usando o poder que ainda lhe resta na reserva do tanque para assegurar que o projeto de lei do Rota 2030, o novo acordo automotivo, seja votado no plenário da Câmara até a próxima quinta-feira. Consta que o Palácio do Planalto, notadamente o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, colocou todo o seu empenho para que a prorrogação do regime automotivo regional por mais cinco anos contemplasse também as regiões Norte e Centro-Oeste. Hyundai e Mitsubishi, instaladas em Goiás, agradecem.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Custo Comperj

Petrobras e China National Petroleum Corporation (CNPC) vão ter de gastar mais do que o previsto para terminar as obras do Comperj. Segundo o RR apurou, a própria estatal já trabalha com uma estimativa da ordem de US$ 3,5 bilhões para a conclusão das obras. As projeções iniciais orbitavam em torno de US$ 2,5 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Plantio soberano

O Qatar Investment Authority, o trilhardário fundo soberano do país árabe, mantém conversações com os governos do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul em torno de um pacote de investimentos na produção e exportação de
grãos para o Oriente Médio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

ESPECIAL – Christian Lynch, jurista e cientista político – Os primeiros alvos do governo Bolsonaro

Os últimos acontecimentos, relativos às ações da polícia nas universidades a título de reprimir manifestações contrárias ao autoritarismo, com a complacência do Executivo e do Legislativo e a reprovação do Supremo e da Procuradoria Geral da República, simplesmente prenunciam os movimentos que se verificarão no ano que vem. Executivo e Legislativo “conservadores” avançarão sobre as universidades, vistas como último bastião do “socialismo”, e sobre o Judiciário, último bastião do “liberalismo”. Assim como, aos olhos da esquerda, liberais e conservadores são todos “direita”, aos olhos da direita, socialistas e liberais são todos “esquerda”. Resultado involuntário da “Revolução Judiciarista” que, a título de purgar o país da corrupção da esquerda em nome de valores liberais e republicanos, parece tê-lo atirado nos braços dos conservadores e alguns fascistas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Startups da EDP

A EDP, grupo português que fala mandarim, vai partir para a compra de startups da área de energia no Brasil. A investida está embalada em uma estratégia global. Controlada pela chinesa Three Gorges, a EDP tem comprado participações em negócios disruptivos no mercado de energia. O caso mais recente foi o da moçambicana Solar Works, que desenvolve tecnologia para geração solar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Lava Jato pós-eleitoral

A Rádio Lava Jato informa: com o fim das eleições, a Polícia Federal estaria preparando uma nova operação no Rio com base na delação de Carlos Miranda, apontado como operador de Sérgio Cabral. O alvo seria a Assembleia Legislativa do Rio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Comitê de campanha

Balanço pós-eleitoral da agenda de Lula: em 205 dias no cárcere, o petista contabilizou 572 visitas. Segundo o RR apurou, na campanha, de 15 de setembro até o último fim de semana, a média chegou a 3,2 visitantes por dia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Crepúsculo

A família Picciani estaria enfrentando problemas de liquidez, agravados pelo bloqueio dos bens do patriarca Jorge Picciani e de suas empresas. A situação pode se complicar ainda mais a partir de fevereiro, quando Leonardo Picciani deixará a Câmara e perderá o manto do foro privilegiado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Check out

Ao que parece, durou pouco a lua-de-mel entre o Blackstone e a Princesinha do Mar. A gestora norte-americana estaria em busca de um comprador para o imóvel do Hotel Hilton, antigo Meridién, na Avenida Atlântica.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Marcio França e “Janguinho”

A primeira fusão partidária da próxima legislatura já está encaminhada: o PSB deverá incorporar o Partido da Pátria Livre (PPL), de João Goulart Filho. O acordo foi costurado dentro do próprio Palácio dos Bandeirantes, entre o governador Marcio França e Miguel Manso, seu assessor direto e presidente do PPL. A legenda nasceu da costela do Movimento Revolucionário Oito de Outubro (MR-8), que, a partir dos anos 80, tornou-se uma ala do PMDB. No entanto, o desempenho do PPL na eleição nada teve de revolucionário. A sigla fez apenas um deputado federal, passando longe da cláusula de barreira. Não resta escolha se não buscar um teto em um partido maior.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.18
ED. 5983

Ponto final

Os seguintes citados não retornaram ou não comentaram o assunto: Petrobras, Polícia Federal, Cemig, State Power e Andrade Gutierrez.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.