Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
14.09.18
ED. 5953

PF junta os fios entre Beto Richa e Protork

O RR apurou que a Polícia Federal investiga as relações entre o ex-governador Beto Richa e a Protork, grupo paranaense que fabrica autopeças e minimotocicletas. Segundo fonte da própria PF, a empresa controlada pela família Bonilha seria uma espécie de “lavanderia” de Richa, prestando-se a pagamentos ilegais ao ex-governador e a aliados. De acordo com a mesma fonte, as investigações mostram que Richa, preso na última terça-feira, costumava fazer visitas constantes, às vezes semanais, à sede da companhia. Entre outros pontos, a PF apura as circunstâncias que cercam a adesão da Sport Bay, controlada pela Protork, ao Paraná Competitivo, programa de incentivos do governo paranaense. Procurada, a Polícia Federal não quis se pronunciar. O RR também fez seguidos contatos com a Protork por e-mail e telefone – o último deles às 18h06 de ontem. No entanto, a empresa não retornou até o fechamento desta edição. Em 2012, a Protork inaugurou sua fábrica de minimotos na cidade de Siqueira Campos, com a presença do governador. Um ano antes, imagens de dois secretários do governo Richa – Luiz Claudio Romanelli (Trabalho) e Ricardo Barros (Indústria e Comércio) – descendo de um jatinho da empresa causaram polêmica e foram usadas por adversários políticos do tucano. A Justiça fecha o cerco aos tantos amigos de Richa. Nesta semana, o juiz Sergio Moro decretou o bloqueio de contas da Start Agência de Notícia e da RF Participações Ltda, além do empresárioPF junta os fios entre Beto Richa e Protork Jorge Atherino e de sua mulher, Flora, todos suspeitos de integrar um suposto esquema de corrupção liderado pelo ex-governador paranaense.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14/09/18 20:08h

josimeri.souza

disse:

A Pro Tork respondeu em nota que é vitima de mentira e que suas atividades são legais. Que provas o RR notícias tem para divulgar tal reportagem?

14.09.18
ED. 5953

Equinor cerca o Brasil por todos os lados

A Equinor (ex-Statoil), que já anunciou investimentos de US$ 15 bilhões em E&P no Brasil, também vai entrar pesado no segmento de energia renovável. De um lado, conversa com a Petrobras sobre projetos de geração solar; do outro, planeja construir um parque eólico no Nordeste. Trata-se de um empreendimento de US$ 1 bilhão. Consultada, a Equinor confirmou que “está avaliando projetos eólicos”, sem entrar em detalhes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Meu voto, minha vida

No intuito de avançar sobre o eleitorado das classes C e D, notadamente no Nordeste, a campanha de Jair Bolsonaro vai tonitruar nos próximos dias a promessa de expansão do “Minha Casa Minha Vida”. Ressalte-se que o Capitão tem como conselheiro um expert no assunto: o empresário Meyer Nigri, dono da incorporadora Tecnisa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

BRF sente um cheiro de carne queimada

A extensão por mais 20 dias do prazo para que a Polícia Federal conclua as investigações no âmbito da Operação Trapaça, uma das fatias da Carne Fraca, foi recebida com apreensão pela área jurídica da BRF. Há o temor de que a PF, na verdade, esteja abrindo alguma nova frente de apuração com base na delação de Daniel Gonçalves Filho, acusado de ser o chefe de um esquema de corrupção plantado dentro do Ministério da Agricultura

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Precipitado

FHC, ao que parece, já precificou a derrota tucana. Embarcou para uma temporada de três semanas no exterior – a primeira parada é o Chile. Só volta às vésperas do primeiro turno.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Fernando Haddad vai virar sertão

Fernando Haddad vai se “mudar” para o Nordeste. O plano de voo para a campanha petista prevê, logo na partida, uma blitzkrieg de Haddad na região, com atos em todos os estados nordestinos no espaço de até dez dias. O objetivo é acelerar a transferência de votos de Lula para o seu “poste” justamente no maior reduto eleitoral do PT, de forma a criar um rápido efeito retroalimentador nas pesquisas. A meta é que Haddad já apareça na próxima leva de sondagens próximo dos 15%, portanto à frente de Ciro Gomes e já descolado de Marina Silva e Geraldo Alckmin. Nesse esforço de captura do eleitorado nordestino de Lula, nos últimos dois dias o candidato petista manteve intensa interlocução com caciques políticos da região, notadamente Renan Calheiros e Eunício de Oliveira. Há um temor de que ambos, notórios “lulistas”, descolem da candidatura petista. Uma coisa é circular pelo Nordeste de braços dados com Lula: a outra, completamente diferente, é pedir votos para um professor paulista com baixo recall na região.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

O poço da QGEP tem fundo?

Se pudesse, a Queiroz Galvão criava um circuit breaker exclusivo para as ações da sua empresa de petróleo. Em pouco mais de um mês, a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) já perdeu aproximadamente 25% do seu valor do mercado. O papel não para de cair desde que a companhia subitamente cortou sua estimativa de produção diária de 20 mil barris para 13 mil. Ressabiados, os investidores se perguntam se outras surpresas ainda poderão sair do poço da QGEP.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Taquicardia

Os pesados prejuízos da CVS nos Estados Unidos – US$ 2,5 bilhões no segundo trimestre – têm provocado efeitos colaterais no Brasil. Dono da Drogaria Onofre, o grupo está revendo o plano de expansão da rede. Novas aquisições, algo que estava no radar da CVS, também foram suspensas por “orientação médica”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Tabelinha

Ronaldo Fenômeno, que acaba de comprar o controle do clube espanhol Valladolid, já reservou uma vaga no negócio para o empresário Carlos Wizard. Dono de uma miríade de negócios, que inclui marcas esportivas, rede de varejos, cadeias de fast food etc, Wizard já é parceiro do ex-atacante em uma rede de escolinhas de futebol.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Alto de página

O anúncio de que a Editora Abril desembolsará R$ 10 milhões para pagar parte das verbas rescisórias em atraso não aplacou a insatisfação dos demitidos. Ex-funcionários estão organizando um ato público para hoje, em frente à sede da empresa. Segundo o RR apurou, está prevista a divulgação de uma carta aberta à família Civita

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Outsourcing

As fricções entre Geraldo Alckmin e Rodrigo Maia se tornaram uma constante. Maia tem se sentido no direito – e no dever – de interferir na campanha de Alckmin diante do desanimador desempenho do tucano nas pesquisas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Esquerda online

A coligação entre o PT de Fernando Haddad e o PSOL de Guilherme Boulos já começou, ao menos no WhatsApp. Os dois candidatos lideram um grupo de conversas com mais de 200 integrantes, entre artistas e celebridades identificados com a esquerda. O agrupamento digital foi batizado de “Coalas”, uma abreviação para coalizão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.18
ED. 5953

Ponto final

As seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Carrefour e Onofre/CVS

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.