Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
08.08.18
ED. 5927

O 11 de setembro de Lula

A direção do PT está bastante apreensiva com o novo encontro face a face entre Lula e seu algoz, Sérgio Moro. O interrogatório do ex-presidente no âmbito da ação do sítio de Atibaia está previsto para 11 de setembro. A defesa de Lula vai usar de todos os instrumentos jurídicos na tentativa de impedir a divulgação das imagens.

É muito pouco provável que alcance o intento. Desde o início da Lava Jato, Moro tem dado disclosure aos depoimentos, sobretudo o das estrelas da operação. O temor do PT é o impacto que a divulgação de novas imagens de Lula no banco dos réus, a três semanas das eleições, terá sobre o candidato do partido à Presidência, seja ele quem for. O que não faltará é farto material para ser utilizado nos programas eleitorais e nas redes sociais pelos demais presidenciáveis.

Uma saída seria o próprio PT se aproveitar da ocasião para bradar o discurso da prisão política. Mas, a essa altura, o próprio partido já não leva muita fé na eficácia do expediente. A grade de programação montada pelo juiz Sérgio Moro dá um caráter ainda mais midiático ao 11 de setembro de Lula. Como se não bastasse o interrogatório do ex-presidente, estão previstos para o mesmo dia os depoimentos da ex-presidente Dilma Rousseff e do ex-ministro Gilberto Gil, ambos na condição de testemunhas de defesa de Lula.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

O 7×1 ainda cobra o seu preço no bolso da Viúva

A Copa do Mundo da Rússia já terminou e os cofres públicos brasileiros ainda pagam a conta da gastança de 2014. No quesito “imobiliário”, o Itaquerão e a Arena Pantanal despontam como os campeões de problemas. Segundo o RR apurou, uma nova tentativa de acordo entre o Corinthians e a Caixa Econômica naufragou.

O clube paulista não conseguiu renegociar o valor das parcelas e o prazo de financiamento feito pelo BNDES com recursos repassados pela CEF, responsável pela cobrança do crédito. O banco federal tem usado chuteiras com travas de alumínio nas negociações, até em função do tamanho da bola de neve. O passivo acumulado já estaria na casa de R$ 1,3 bilhão, quase três vezes o valor original do empréstimo (R$ 500 milhões).

Procurados, Corinthians e Caixa não se pronunciaram. Em outros gramados, o governo do Mato Grosso tenta dar um destino à Arena Pantanal. O governador Pedro Taques definiu o mês de novembro como o novo prazo para entregar o estádio a um operador privado. Que assim seja. No entanto, a concessão – a princípio, sob o regime de Parceria Público Privada (PPP) – já foi adiada duas vezes por falta de interessados.

Segundo o governo, uma empresa apresentou uma Manifestação de Interesse Privado (MIP) para a administração da Arena, mas a proposta ainda está em estudo. A Arena Pantanal parece ter sido erguida para dar errado. O Ministério Público investiga denúncias de propinas na construção; a Mendes Junior, responsável pelo empreendimento, abandonou os canteiros sem concluir as obras, e o estádio é um monumento ao desperdício de recursos públicos. Com poucos eventos no ano, o governo do Mato Grosso é obrigado a gastar R$ 300 mil por mês para cobrir os custos de manutenção.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

ViaVarejo na vitrine

A japonesa Rakuten surge como candidata à compra da ViaVarejo, colocada à venda pelo Casino. O grupo nipônico é das maiores empresas de e-commerce do mundo, com faturamento superior a US$ 30 bilhões por ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Grande prêmio

Emissários de Stanley Ho, o rei dos cassinos em Macau, vêm espalhando suas fichas no Congresso. O grande prêmio é a aprovação do projeto de lei que libera o jogo no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Um último suspiro para o leilão da Norte-Sul

A ANTT e o Ministério dos Transportes vão redesenhar o edital de privatização da Norte-Sul. O ponto nevrálgico passa pela flexibilização das regras para o direito de passagem, leia-se o uso da ferrovia por outras concessionárias. Em relatório preliminar, o TCU identificou riscos à concorrência, com um modelo de negócio que, em tese, privilegiaria notadamente à Rumo Logística. Ainda assim, essa ferrovia deve levar a lugar algum: é muito pouco provável que a Norte-Sul seja licitada ainda nesses derradeiros quilômetros do governo Temer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Partilha tucana

Não que funding de campanha seja um problema para João Doria. Mas o candidato a governador de São Paulo tem feito duras críticas a Geraldo Alckmin, presidente do PSDB, pelo modelo de partilha do fundo partidário. Para Doria, Alckmin instituiu um programa de “distribuição de renda” entre os tucanos com o objetivo de angariar apoio em todos os estados, desprezando o peso ponderado de cada unidade da federação. Os R$ 57 milhões do fundo serão compartilhados de forma quase igualitária entre os 16 candidatos a governador e outros 16 postulantes ao Senado do PSDB. Doria, que disputa o governo do maior estado do país, queria mais

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Pergunta à Janaína..

Janaína Paschoal já virou um fetiche na campanha de Jair Bolsonaro. Após a frustrada negociação para ter a “musa do impeachment” como vice, Bolsonaro quer anunciar Janaína como a futura ministra da Justiça em seu eventual governo. Talvez seja bom para Paulo Guedes, citado ad nauseam pelo capitão nos programas de TV, ganhar um descanso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

A crise estampada à beira dos gramados

Os empresários Patricia Coelho, ex-EBX, e Alexandre Grendene, que firmaram um pré-acordo para a compra dos direitos de venda de placas de publicidade nos estádios da Série A a partir de 2019, devem estar apreensivos com o que têm visto neste ano. Nas partidas do Campeonato Brasileiro, não raramente há apenas quatro anunciantes pagantes. O restante das placas, em sua maioria, tem  preenchido graciosamente pela própria CBF e pela Globo, detentora dos direitos de transmissão dos jogos. Apenas para cumprir tabela! Patricia e Grendene fizeram uma aposta alta: pelo contrato proposto aos clubes, terão de pagar R$ 137 milhões por ano entre 2019 e 2022. Haja placa para cobrir essa conta

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

De mulher para mulher

Gleisi Hoffmann vem tentando aplacar a ira de Marilia Arraes, que ameaça deixar o PT após ser preterida na disputa pelo governo de Pernambuco. Gleisi acena à neta de Miguel Arraes com a candidatura à Prefeitura de Recife em 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Quanto mais tempo…

Do ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo, sobre o espaço maior que Geraldo Alckmin terá na televisão com o acordo com o Centrão: “Quanto mais tempo, pior”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Enfim, um cabo eleitoral

O governador do Rio Grande do Sul e candidato à reeleição, José Ivo Sartori, é um caso raro de emedebista que promete mergulhar de cabeça na campanha de Henrique Meireles. Isso se não esvaziarem a piscina primeiro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Fora da Tupy

A BNDESPar está preparando seu desembarque do capital da Fundição Tupy. A venda da participação de 28% se daria por meio de um leilão em bolsa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.08.18
ED. 5927

Ponto final

Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: ViaVarejo e BNDES.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.