Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
07.08.18
ED. 5926

A agenda Haddad

Além do encontro com o nº 1 da Febraban, Murilo Portugal, Fernando Haddad costura também sua ida à Fiesp para uma conversa com o presidente em exercício da entidade, José Ricardo Roriz Coelho. Ainda em agosto, deverá se reunir com investidores em Nova York. O RR apurou que o PT articula também um evento entre Haddad e prefeitos do partido. Mas o candidato do PT à Presidência é Lula..

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Choque de realidade

Não obstante o otimismo do BNDES, que marcou o leilão da Amazônia Energia, Eletroacre, Ceron e Boa Vista Energia para o próximo dia 30, a Eletrobras tem uma expectativa mais modesta. A tendência é que apenas uma das distribuidoras seja privatizada ainda neste mês. Em tempo: a Equatorial Energia, que levou a Cepisa, teria interesse na empresa amazonense.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Invista menos

O ano de 2019 já começou para a Pague Menos, um dos maiores grupos do varejo farmacêutico do país. E isso não é exatamente uma boa notícia. A companhia está ceifando o plano de investimentos para o próximo ano, que deverá ficar abaixo dos R$ 180 milhões, inferior ao de 2017. Conservador como ele só, Deusmar Queiroz, dono da rede, já havia pisado no freio neste ano, cortando os investimentos de R$ 260 milhões para R$ 210 milhões. Pelo jeito, a dose do amargo remédio não foi suficiente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

O nome dele é Moreira

A repentina decisão de excluir todos os blocos de produção onshore da 16ª Rodada da ANP teria partido do próprio ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, que acumula também a presidência do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). O que motivou Moreira a adotar a inesperada medida é uma incógnita até para a direção da agência reguladora. Mesmo porque a licitação só ocorrerá no próximo governo, provavelmente no longínquo segundo semestre de 2019.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Renúncia fiscal

É grande a pressão do Grupo Fiat para que o governo renove os incentivos fiscais do regime automotivo para o Nordeste. É em Pernambuco que está a fábrica da Jeep, uma das maiores apostas dos italianos no Brasil

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Sem polêmicas

A ordem na campanha de Geraldo Alckmin é falar o menos possível sobre drogas, aborto, relações homoafetivas etc. Tudo para não melindrar os aliados do Centrão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Busca inglória

O grupo sul-africano Naspers tem um encontro marcado com o prejuízo no Brasil. Por ora, as ofertas pelo site Buscapé não passariam de US$ 280 milhões. Em 2009, o Naspers pagou US$ 350 milhões pela empresa

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

OAS na CGU

Depois do Cade, a OAS negocia agora um acordo de leniência com a CGU também pela formação de cartel nas obras do Arco Rodoviário do Rio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Dafra a caminho do acostamento

Há um forte candidato a repetir Abraham Kasinski e sua fracassada tentativa de nacionalizar um pedacinho do mercado de motocicletas no Brasil. Trata-se de Mario Sergio Moreira Franco, controlador de um império de concessionárias de veículos enfeixadas no Grupo Itavema. Pelas estradas do setor corre a informação de que Mario Sergio jogou a toalha e busca um comprador para a Dafra, fabricante de motos que ele fundou em 2007.

Segundo a fonte do RR, o empresário tenta empurrar a marca para a chinesa Haojue, com a qual mantém uma parceria. O grupo asiático, no entanto, olha para a Dafra com certo desdém. Hoje a Haojue já distribui suas próprias motocicletas no país. Incorporar uma marca cadente, como é o caso da Dafra, aparentemente não faz sentido para os chineses. Um caminho alternativo para Mario Sergio seria uma negociação com uma montadora como a Kymco, de Taiwan, que ainda tenta engatar a segunda marcha no mercado brasileiro – chegou ao país apenas no fim do ano passado.

Seria um desfecho similar ao da Kasinski, criada por Abraham Kasinski, em 1999. Uma década mais tarde, em crise, a empresa era vendida à chinesa CR Zongshen – para desaparecer de vez do mercado cinco anos depois. Hoje, a Dafra não é nem sombra da marca que chegou a tirar preciosos pontos de market share dos líderes do mercado. Com pesados investimentos em publicidade e um garoto-propaganda da pesada, Luciano Huck, a companhia chegou a ter 5% das vendas de motos no país – um número bastante expressivo considerando-se que as duopolistas Honda e Yamaha dominam mais de 90% do setor. No entanto, o gás acabou. Hoje, sua participação de mercado é residual – 0,53%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Um estudo fadado a virar fumaça

A comissão de juristas, médicos e outros especialistas formada pela Câmara dos Deputados para discutir a descriminalização das drogas concluirá seu relatório na segunda quinzena de novembro. Ou seja: a pouco mais de dois meses do fim da atual legislatura (31 de janeiro de 2019). Significa dizer que muito provavelmente o trabalho assinado por bambas como o médico Dráuzio Varella e o jurista Pierpaolo Bottini, entre outros, será jogado em uma gaveta qualquer da Câmara.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Me chama que eu vou

No PP, ninguém levado a sério a promessa do ministro Blairo Maggi de deixar a política ao fim do mandato do presidente Michel Temer, com a sua consequente saída da Pasta da Agricultura. O entorno de Maggi crava que ele aceitaria sem pestanejar um convite de Geraldo Alckmin, apoiado pelo PP, para permanecer à frente do Ministério em um eventual governo tucano. Um foro privilegiado nunca faz mal a ninguém

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Educação e saúde

O fundo Glory Top, de Hong Kong, que pagou R$ 600 milhões por universidades da gaúcha Ulbra no Centro-Oeste e no Norte, mira em outro mercado no país: a área hospitalar. Assim como no caso das faculdades, os asiáticos têm interesse não apenas na operação do hospital, mas também pelo ativo imobiliário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Saideira

A italiana Gavio é forte candidata ao leilão da Rodovia de Integração do Sul, marcado para novembro – uma das raras concessões que ainda devem sair do papel no governo Temer

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Separacionistas

Rodrigo Maia está penando para enquadrar o DEM nos Pampas. A ala sulista, liderada pelo deputado federal Onyx Lorenzoni, não está nem aí para a aliança com Geraldo Alckmin. Só quer saber de Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Apartheid

Tratado como um candidato tóxico no PSDB, Aécio Neves fará uma campanha solitária a deputado federal. Há um acordo tácito no partido para que ele não suba no palanque de Antonio Anastasia, que disputará o governo de Minas Gerais, e tampouco dos candidatos ao Senado. Aécio pouco aparecerá no horário eleitoral. Além disso, não serão impressos “santinhos” com a foto do senador ao lado de outros candidatos

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.18
ED. 5926

Ponto final

As seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Fiat, Dafra, OAS, Naspers e Pague Menos

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.