Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
25.07.18
ED. 5917

Capítulos da novela “Em busca do vice alckmista”

Era por volta das 17h de ontem quando o empresário Josué Gomes (PR) encontrou-se com o ex-governador Geraldo Alckmin no escritório político do tucano na capital paulista para comunicar que não aceitaria ser seu vice na chapa presidencial. Os dois já tinham se encontrado pela manhã, mas a conversa não fora conclusiva. Assim que se despediram, Alckmin disparou mensagens para seus aliados no Centrão. Era preciso pensar, e rápido, em um plano B. Alckmin disse aos aliados que tem suas preferências, mas vai respeitar “totalmente” o novo nome escolhido pelo grupo. Os dirigentes do PR, DEM, PP, SD e PRB combinaram então, por WhatsApp, de fazer uma força-tarefa para pressionar o empresário mineiro a mudar de opinião. “Se não for possível fazê-lo reconsiderar o convite, que pelo menos ele não suba no palanque do petista Fernando Pimentel”, disse um dos dirigentes ao RR. O grupo marcou uma nova reunião em Brasília amanhã para afinar o discurso. Em seguida, vão encontrar com Alckmin. A ideia é fazer o anúncio formal da aliança PSDB-Centrão, mas deixar em aberto o nome do vice até a convenção.

• • •

Dentro do PSDB o nome preferido para ser vice de Geraldo Alckmin é o da senadora Ana Amélia (PP-RS). Além de ser mulher, ela traz votos do Sul, onde Jair Bolsonaro tem maioria das intenções de voto. O DEM, porém, disputa a indicação do vice, e já lançou o ex-ministro da Educação, Mendonça Filho (PE). Para complicar ainda mais o meio de campo, o Solidariedade resolveu colocar na mesa o nome do ex-ministro Aldo Rebelo. A diversidade é tão grande que já se fala até no nome do ex-ministro Nelson Jobim.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Dirceu tem a força?

Ciro Gomes está acertando uma visita ao comandante José Dirceu. Ciro acha que o Zé pode vir a ser o seu general Giap no meio das hostes petistas. O ex-presidente do PT sempre foi adepto da tática de guerrilha dos vietcongues, idealizada por Giap, de aparecer em vários lugares e não aparecer em lugar nenhum. Tanto Ciro quanto Zé condicionam o encontro a absoluta discrição. É um papo de Estado-Maior.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Bebendo conselhos

O candidato Henrique Meirelles foi beber dos conselhos de Naji Nahas e Delfim Netto. Recomendação expressa do presidente Michel Temer, interlocutor permanente de ambos. Como se fosse adiantar de algo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

“Irmãos Frick”

Os irmãos Moreira Salles, Pedro, Walter, João e Fernando, decidiram aportar mais recursos na área da cultura. Os quatro já investiram cerca de R$ 400 milhões no Instituto Moreira Salles, no Rio, e no centro cultural, da Av. Paulista. O modelo dos irmãos é o magnata do aço, Henry Clay Frick, que deixou como herança para Manhattan um badalado museu de arte, a Coleção Frick.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Pente fino

O pré-candidato ao governo de São Paulo do MDB, Paulo Skaf (presidente licenciado da Fiesp) fez um pente fino com aliados do Ciesp no interior paulista antes de escolher a tenente-coronel da Polícia Militar Carla Danielle Basson como vice em sua chapa. Ele tinha um perfil: mulher, militar e ex-aluna do Sesi. Carla preenchia todos os requisitos. Os marqueteiros de Skaf já estão pensando em vídeos com ela fardada em instalações do Sesi, que é a grande “vitrine” do emedebista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Magistrados vs. procuradores

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) travam uma guerra corporativista nos bastidores. O pano de fundo é uma disputa de poder entre STF e Ministério Público. A Ajufe, à frente o magistrado Marcelo Mendes, defende vigorosamente a recente decisão do STF, que arquivou seis inquéritos contra políticos, entre eles os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Eduardo Braga (MDB -AM), alegando falta de provas. Já a ANPR e seu presidente, José Robalinho Cavalcanti, criticam duramente o encerramento dos inquéritos sem o pedido da PGR. No fundo, os dois lados não brigam por águas passadas, mas pelo que está por vir. O temor dos procuradores é que a decisão do Supremo crie, digamos assim, jurisprudência, esvaziando o papel do Ministério Público.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30/07/18 8:51h

pereira silva

disse:

Espero que essa gente pise no chão, caia na real e entenda o impacto de suas decisões a favor ou contra a sua própria história, na história do Brasil.

25.07.18
ED. 5917

Skaf e MDB não se entendem

Paulo Skaf está irritado com a decisão do MDB de submeter seu nome a votação na convenção do partido, em agosto. Já pediu ao próprio presidente Michel Temer que interceda na questão, de forma a garantir que sua candidatura ao governo de São Paulo seja referendada por aclamação. Pode ficar esperando, então.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Família Furlan corta seus canaviais

Mais uma usina de etanol corre o risco de evaporar do mapa. A família Furlan deverá desativar a planta sucroalcooleira de Santa Bárbara D ́Oeste (SP). Vai se concentrar apenas na usina de Avaré, também no estado. Ressalte-se que o Grupo Furlan já deu o primeiro passo neste sentido ao arrendar à Raízen e à São Martinho a moagem de aproximadamente um milhão de toneladas de cana até então beneficiadas na usina de Santa Bárbara D ́Oeste.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Solução ou problema?

O decreto que regulamenta a devolução de concessões de rodovias licitadas em 2013 e 2014 já está pronto na Casa Civil. Mas até o ministro Eliseu Padilha torce para que ele próprio tenha uma amnésia e se esqueça do assunto. O governo não tem a menor ideia do que fazer com as licenças que serão devolvidas, todas elas com obras atrasadas e operações deficitárias.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Procura-se uma floresta

A perda da disputa pelos ativos florestais da Duratex, comprados pela Suzano, deixou um problema para a indonésia Royal Golden Eagle (RGE). O grupo corre atrás de florestas de eucalipto em São Paulo para não comprometer o plano de expansão da Lwarcel – produtora de celulose adquirida pela RGE em maio. Os asiáticos precisam, ao menos, de 20 mil hectares.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Casas bahia

Entre os marqueteiros, Geraldo Alckmin ganhou o jocoso apelido de “Casas Bahia”. A citação a um dos maiores anunciantes do país é uma alusão ao tempo que Alckmin terá na propaganda eleitoral.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Pastas em extinção

O Ministério do Meio Ambiente não está sozinho. Se eleito, Jair Bolsonaro pretende também extinguir a Pasta dos Esportes, varrendo-a para algum canto do Ministério da Educação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.07.18
ED. 5917

Ponto final

Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Lwarcel e Grupo Furlan.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.