Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
15.06.18
ED. 5889

Chapa kamikaze com Meirelles e Jobim bombardeia Alckmin

A candidatura de Henrique Meirelles entrou em uma espiral de delírio. O núcleo de coordenação da campanha defende que o ex-ministro do STF e da Defesa Nelson Jobim seja sondado para a vice-presidência. Jobim traria uma articulação privilegiada com o PSDB, acesso mais estreito junto aos militares e fortalecimento dos laços com o mercado financeiro. Seria a “chapa gold” das eleições de 2018. Ocorre que parte do tucanato pensa o contrário. Ou seja: Jobim é quem deveria ser o cabeça da chapa, até por possuir todos os predicados citados. Em tempo: a dobradinha Henrique Meirelles-Nelson Jobim seria a chapa BTG-JBS. Jobim é conselheiro do banco. E Meirelles foi um empoado chairman do Banco Original, braço financeiro do grupo campeão da cadeia de proteína. Qualquer que seja o resultado das articulações, há uma certeza prévia: Geraldo Alckmin está sendo flambado à luz do dia. A conspiração vem por todas as latitudes, em um movimento sincronizado e liderado pelo próprio PSDB e pelo MDB, exatamente o vitro onde é fertilizada a dobradinha MeirellesJobim. O jogo de intriga está a pleno vapor. Os tucanos atribuem o vazamento das articulações para uma chapa Meirelles-Jobim ao próprio Alckmin, como forma de queimar a eventual candidatura da dupla. A toda conspiração corresponde uma contra conspiração em força igual e contrária.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Enquanto isso, no MDB…

Do lado do MDB, um dos nomes mais empenhados em minar a candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência é Paulo Hartung, governador do Espírito Santo, hoje um dos principais interlocutores entre o partido e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Nos últimos dias, Hartung vem arregimentando outros governadores para participarem do ato político do “Polo Democrático”, convocado para o próximo dia 28 de junho, em São Paulo. Ele concentra empenho especial em atrair para o grupo o governador paulista Marcio França (PSB), até prova em contrário aliado de Alckmin. Hartung, é bom lembrar, foi um dos artífices do frustrado projeto Luciano Huck. Em tempo: a dupla Meirelles-Jobim, por sinal, seria a bola da vez para ocupar o espaço da candidatura “outsider”. Ainda que de outsider, tanto um quanto outro nada tenham

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Pacote completo

A Royal Golden Eagle (RGE), de Cingapura, já teria feito uma oferta de aproximadamente R$ 800 milhões pelas florestas de eucalipto da Duratex, leia-se Itaúsa, no interior de São Paulo. As reservas pertencentes à família Setubal somam cerca de 20 mil hectares. É tudo o que a RGE mais quer após a recente aquisição da fabricante de celulose paulista Lwarcel

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Oferta de ações

A Previ está empenhada em acelerar a oferta de ações com a Neoenergia. O fundo trata a operação como porta de saída da empresa. Sua fatia societária é um bom bocado, avaliado hoje em quase R$ 9 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Canarinho Pistola

A dois dias da estreia do Brasil da Copa do Mundo, os assessores de Michel Temer ainda discutem o rito a ser seguido pelo presidente no próximo domingo. Há divergências, por exemplo, quanto à conveniência de se produzir imagens de Temer assistindo à partida com a camisa da seleção. Queira-se ou não, “amarelinha” em político virou símbolo de corrupto protestando contra o seu ofício

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

O presidente “fantasma” da CBF

A ordem para o staff de comunicação da CBF é “sumir” com o presidente da entidade, Coronel Antônio Nunes, durante a Copa do Mundo. Contatos com a imprensa estão vetados e até mesmo a presença nos locais de treino da seleção será revista. O cartola tem cometido gafes atrás de gafes – a mais notória votar no Marrocos como sede da Copa de 2026, quando a própria CBF apoiava a candidatura conjunta de Estados Unidos, Canadá e México. Entre os demais dirigentes da entidade, já existe, inclusive, um movimento para antecipar a posse do presidente eleito da CBF, Rogerio Caboclo. A sucessão está marcada apenas para abril de 2019. É tempo demais para manter o Coronel Nunes nas sombras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Teatro da inidoneidade

A Queiroz Galvão vai recorrer à Secretaria de Recursos do TCU da decisão da própria Corte, que declarou a companhia inidônea por fraude em licitação na refinaria Abreu Lima. Trata-se, sem tirar nem pôr, da estratégia adotada pelo grupo ao receber a mesma sanção do Tribunal por irregularidades na usina nuclear de Angra 3. Mais de um ano depois, a Queiroz Galvão segue livre para prestar serviços ao setor público enquanto aguarda o julgamento do recurso. E assim, o TCU pune, mas não pune, e a empreiteira vai acumulando penalidades de festim

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Doria e França brigam segundo a segundo

João Doria e Marcio França, candidatos ao governo de São Paulo, duelam por cada segundo a mais de propaganda na TV. O tucano está prestes a selar o apoio do PSD e do DEM – conforme o RR antecipou na edição de 11 de junho. Com isso, passará a ter aproximadamente um terço do horário eleitoral. França, por sua vez, vai reduzir a diferença graças à aliança com o PP, que deverá ser formalizada hoje. Terá algo em torno de 29% da propaganda política. Paulo Skaf, que completa o top three dos candidatos ao governo de São Paulo, terá de se virar para falar com o eleitor, com apenas 15% do horário eleitoral, algo como um minuto e 20 segundos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Segundas núpcias

Sem um nome de grife para concorrer ao governo do Rio – os pré-candidatos são os desconhecidos Max Lemos e Vinicius Farah –, o MDB já discute abrir mão da chapa própria para apoiar Eduardo Paes (DEM). Curioso: Paes deixou o MDB há poucos meses para se dissociar dos malfeitos de Cabral e cia

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Segunda tentativa

A gestora suíça Acron está em busca de ativos imobiliários no Rio de Janeiro, notadamente empreendimentos comerciais. Há cerca de dois anos, a empresa esteve perto de comprar o Hotel Glória, mas desistiu do elefante branco, que acabou nas mãos do Mubadala

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Aliança

Exxon e Petrobras costuram uma aliança para o leilão do pré-sal de setembro. Os alvos da “coalizão” são os blocos S-M-534 e S-M-645, cujo valor de outorga deve passar dos R$ 4 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Ampla defesa

A candidatura do ex-secretário executivo do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira (PSOL-DF) ao Senado tem obtido o apoio de colegas ilustres. É o caso do advogado Pierpaolo Botini, um dos mais requisitados por réus, denunciados e suspeitos da Lava Jato

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.18
ED. 5889

Ponto final

As seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Duratex, RGE, Previ, Queiroz Galvão, Petrobras e Exxon

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.