Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

Planos
30.04.18
ED. 5857

State Grid põe mais voltagem na disputa pela Eletropaulo

O duelo pelo controle da Eletropaulo está prestes a sofrer uma reviravolta. O RR apurou que a State Grid entrou no páreo e prepara uma proposta de alta voltagem pela participação da AES na distribuidora paulista. Segundo uma fonte que participa das negociações, dirigentes dos dois grupos se reuniram na semana passada, em São Paulo.

Os chineses estão dispostos a oferecer, como ponto de partida, o equivalente a R$ 40 por ação. A se confirmar, a State Grid empurrará o duelo para um novo patamar. A cifra representa um considerável salto em relação ao lance mais alto colocado sobre a mesa até o momento: os R$ 32,20 por ação ofertados pela italiana Enel. A Neoenergia, outra candidata ao negócio, chegou a R$ 32,10. Significa dizer que, para efeito de tag along e posterior oferta pelo restante das ações da Eletropaulo em bolsa, os chineses estariam partindo de um valuation da ordem de R$ 6,8 bilhões.

A cifra é 23% superior ao valor de mercado da Eletropaulo no fechamento da última sexta-feira. Procuradas pelo RR, State Grid e AES Eletropaulo não quiseram se pronunciar. A iminente entrada em cena da State Grid esquenta o duelo pela Eletropaulo a pouco mais de duas semanas do leilão da participação da AES – previsto para 18 de maio, na B3. Ressalte-se que novas ofertas poderão ser apresentadas ao longo desse período. Até lá a CVM promete anunciar as regras para a competição. Há diversos questionamentos e interpretações cruzadas sobre as normas para uma competição desta natureza.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Rio pode ter “PPP dos presídios”

Um grupo de empresários cariocas levou ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, a proposta de criação de “PPPs Extraordinárias” para a área de segurança. Os recursos públicos não sairiam do caixa do estado, que, aliás, não tem um tostão, mas dos cofres da União. A aplicação do dinheiro seria unidirecional. Ou seja, toda canalizada para a construção de presídios. O modelo seria a penitenciaria de Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A PPP tem três anos de existência e nunca houve motim, rebelião ou morte violenta no local. Em Minas Gerais, entretanto, é o estado que arca com as despesas, pagando R$ 3,5 mil mensais per capita à GPA (Gestores Prisionais Associados). No Rio, os empresários estimam a necessidade de 30 novos presídios, pelo menos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Carne chinesa

A China Investment Corporation (CIC) – fundo soberano que administra quase US$ 1 trilhão em ativos – movimenta-se para montar uma posição na cadeia da proteína no Brasil. O foco é o segmento de carne bovina. Segundo o RR apurou, os chineses já mantêm conversações com frigoríficos gaúchos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Para o acostamento

Eliseu Padilha jogou o Ministério da Indústria para o acostamento. Assumiu as conversas com as montadoras e a missão de fechar o novo acordo automotivo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Sangria no Walmart

O Advent, que negocia a compra do Walmart Brasil, promete entrar no negócio com a faca entre os dentes, deixando muitos corpos pelo caminho. O plano de ações que o fundo já esquadrinhou prevê, entre outras medidas, a extinção de até três das nove bandeiras do Walmart no país e o fechamento de mais de 100 supermercados deficitários.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Águas passadas

O governador Pezão jogou a toalha: a venda da Cedae deverá ficar para 2019, quando ele já não estará mais no Palácio Guanabara.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Privatização da Infraero perde altitude

A privatização da Infraero corre o risco de ser mais um dos tantos balões de ensaio do governo Temer que caem murchos pouco depois de serem lançados ao céu. A operação perdeu com fôlego com a saída de seu maior defensor do governo, o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha já teriam recomendado a Temer engavetar a proposta. Segundo o RR apurou, parte da equipe de trabalho montada para conduzir os estudos, composta por técnicos da Casa Civil e do Ministério dos Transportes, já teria sido desmobilizada. As primeiras sondagens junto a investidores do setor revelou a inapetência dos potenciais candidatos em relação ao modelo proposto, a venda de apenas 51% do capital. Além disso, a menos de seis meses das eleições, o governo não está disposto a enfrentar o desgaste de burilar a Infraero para a privatização, que, entre outras medidas, exigiria acelerar a redução do quadro de funcionários da estatal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Venda de ativos da Petrobras vira adubo político

O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, intercedeu junto ao presidente da Petrobras, Pedro Parente, na tentativa de acelerar as negociações para a venda da unidade de nitrogenados de Três Lagoas à russa Acron. Candidato à reeleição, tudo o que Azambuja mais quer é subir no palanque e anunciar a retomada de um projeto de R$ 2 bilhões, capaz de gerar três mil empregos. O governador já garantiu à Acron benefícios fiscais para o reinício das obras, paralisadas pela Lava Jato. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas o problema é que a oferta apresentada pelos russos à Petrobras não chega sequer à metade do valor do ativo, cerca de US$ 700 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Pato órfão

Ao que parece, a reunião da última quinta-feira, quando Paulo Skaf cobrou de Michel Temer o seu apoio nas eleições para o governo de São Paulo, não surtiu efeito. Temer já sinalizou que não deverá comparecer ao lançamento da candidatura de Skaf, no próximo sábado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

A aposta da Apple

A Apple está garimpando startups no mercado brasileiro. Pretende financiar o desenvolvimento de novos aplicativos para alimentar a Apple Store. O Brasil é um dos cinco maiores centros de criação de soluções para plataformas móveis do mundo: responde por quase 3% deste mercado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Quanta solidariedade

Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, quer transformar o seu primeiro de Maio em uma salada eleitoral. Convidou para o ato da Força Sindical amanhã, em São Paulo, os presidenciáveis Ciro Gomes, Manuela D ́Avila, Paulo Rabello de Castro e Rodrigo Maia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Inconsolável

O deputado Jovair Arantes (PTB-GO) está inconsolável com a decisão do Palácio do Planalto de suspender a privatização ida Casa da Moeda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Romário & Marina

Romário está buscando o apoio de Marina Silva, ex-companheira de PSB, a sua candidatura ao governo do Rio. Ressalte-se que a Rede já lançou o nome de Miro Teixeira como pré-candidato. Nada que não possa ser desfeito.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.18
ED. 5857

Ponto final

Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: China Investment Corporation, Advent e Petrobras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.