24.05.18
ED. 5874

E agora, José?

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, afirmou que somente permaneceria na estatal se não houvesse intervenção na política de preços dos combustíveis. E agora, Pedro?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.