22.03.16
ED. 5332

Delatar ou não delatar?

Mesmo com o relaxamento da prisão de José Carlos Bumlai por questões de saúde, seus familiares insistem para que o pecuarista feche um acordo de delação premiada. O maior temor dos parentes é que seu filho mais velho, Mauricio Bumlai, seja inapelavelmente arrastado para a Lava Jato. Mais de metade dos bens do empresário está também no nome do primogênito. Com os números que têm nas mãos, os procuradores federais podem fazer um estrago. Segundo as investigações, o patrimônio de José Carlos Bumlai saiu de R$ 3,8 milhões em 2004 para R$ 270 milhões em 2012, sem que houvesse a comprovação de renda suficiente para justificar o aumento no período.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.