29.03.19
ED. 6083

Centro de memória

A exemplo do antigo chefe, o ex-secretário de Saúde de Sérgio Cabral, Sérgio Côrtes, estaria negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público. Em fevereiro, Cortes teve seu pedido de liberdade ao STF negado por Gilmar Mendes. Ao que parece foi a gota d ́água para o ex-secretário e seu silêncio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.