Categoria: Futebol

Futebol

BRB é um banco de muito coração

24/04/2024

O Banco Regional de Brasília (BRB) negocia um acordo de patrocínio com o…

#BRB #futebol #Santa Cruz

Futebol

O “green washing” de Luciano Hang

23/04/2024

Do ringue político para os gramados: este pode ser o próximo passo de…

#Brusque #Havan #Jair Bolsonaro #Luciano Hang

Futebol

Ronaldo descobre um novo companheiro de ataque para o Cruzeiro

9/04/2024
  • Share

A associação entre a Galapagos Capital, do ex-BTG Carlos Fonseca, e a R9, gestora de recursos de Ronaldo Fenômeno, está causando um frenesi no mercado da bola. O que se diz é que a próxima jogada do ex-centroavante será a venda de uma participação no Cruzeiro para a Galacticos Capital, a empresa criada a partir da tabelinha entre as duas casas de investimento. Ronaldo é dono de 90% da SAF do clube mineiro. E, não é de hoje, ensaia a negociação de parte de suas ações. Essa linha de passe com a Galacticos daria fôlego ao Cruzeiro para abater parte considerável da sua dívida, da ordem de R$ 1 bilhão, e sair da recuperação judicial

#Ronaldo Fenômeno

Futebol

Romário assume presidência do América dando bico para todo lado

1/04/2024
  • Share

O híbrido de senador e cartola Romário, novo presidente do América-RJ, calçou chuteiras de trava alta para resolver o impasse imobiliário que envolve a antiga sede do tradicional clube carioca. O “Baixinho” está fazendo marcação cerrada sobre o Grupo AM Malls, responsável pelo projeto de construção de um shopping center no terreno da Rua Campos Sales, na Tijuca, Zona Norte do Rio. O cronograma previa a inauguração do empreendimento em 2024. Com a pandemia, esse prazo passou para 2026. Mas até agora nem sinal das obras. Nos bastidores, caso não haja acordo, já se fala na possibilidade de o clube buscar um novo parceiro. Romário levaria todo o seu peso nas negociações. Quem se sentar a sua frente estará falando com o presidente do América-RJ e com um senador da República, além de um dos brasileiros mais autossuficientes.

#América-RJ #Romário

Futebol

SAF do Atlético-MG aquece para entrar no gramado da B3

21/03/2024
  • Share

A SAF do Atlético-MG – leia-se Rubem e Rafael Menin, da MRV, e Ricardo Guimarães, do BMG – está burilando a melhor estratégia para acessar o mercado de capitais. É um jogo que deve ser jogado em dois tempos. O primeiro deles passaria pela emissão de debêntures conversíveis – operação que passou a ser permitida pela Lei das SAFs. Seria um aquecimento para a posterior abertura do capital em bolsa. Segundo o RR apurou, Rubem Menin é o maior entusiasta do IPO.

#Atlético-MG

Futebol

O duplo gol contra do Corinthians

14/03/2024
  • Share

O presidente do Corinthians, Augusto Melo, conseguiu a proeza de colocar as adversárias Libra e LFF (Liga Forte do Futebol) do mesmo lado. A postura de Melo tem causado irritação nos executivos e parceiros dos respectivos projetos – a começar pelo BTG e Mubadala, de um lado, e a XP e a Livemode, do outro. Melo estava prestes a assinar contrato com a Libra para a venda dos direitos de transmissão. Desistiu em cima da hora e foi conversar com a LFF, que chegou a colocar uma proposta sobre a mesa. Segundo a fonte do RR, usou a oferta desta última para iniciar um leilão com a Libra. Irritados, os dirigentes da LFF tiraram o time de campo e cancelaram a oferta.

#Corinthians #LFF #Libra

Futebol

Presidente da CBF quer jogar Fernando Sarney para escanteio

6/03/2024
  • Share

O folhetim de acusações cruzadas e disputas de poder na CBF tem um novo capítulo. O presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, trabalha nos bastidores do Judiciário para afastar de vez antigos vice-presidentes reeleitos na sua chapa, a começar pelo desafeto Fernando Sarney. Rodrigues enxerga o filho do ex-presidente José Sarney como um dos principais “conspiradores” que tramaram pela sua derrubada do comando da Confederação. O problema é que nesse jogo todos pisam em um telhado de vidro, tamanha a instabilidade de forças dentro da CBF. O próprio Rodrigues está no cargo de forma provisória, sustentado por uma liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF.

#CBF #Ednaldo Rodrigues #Fernando Sarney

Futebol

Novo estádio do Santos está na marca do pênalti

5/03/2024
  • Share

A reconstrução da Vila Belmiro entrou na zona de rebaixamento. O Santos ainda não conseguiu encontrar investidores para o projeto, estimado em aproximadamente R$ 400 milhões. Além disso, a parceria entre o clube paulista e a construtora WTorre está na corda bamba, por conta de seguidas divergências referentes ao contrato assinado no ano passado pela antiga diretoria do Santos.

#Santos #WTorre

Futebol

Athletico-PR abre as portas para investidores norte-americanos

28/02/2024
  • Share

O CEO do Athletico-PR, Alexandre Leitão, vem conversando com fundos norte-americanos em busca de investidores para a SAF do clube paranaense. Leitão tem importantes conexões nos Estados Unidos, herança dos sete anos em que esteve na diretoria do Orlando City, um dos times da MLS – que, por muitos anos, pertenceu ao empresário brasileiro Flavio Augusto da Silva. Em tempo: mesmo que informalmente, o Athletico-PR já sabe o que é ter um “dono”, leia-se o empresário Mario Celso Petraglia, ex-sócio da Inepar e comandante do clube há mais de duas décadas.

#Alexandre Leitão #Athletico-PR

Futebol

O último grande lance de Rodolfo Landim no Flamengo?

23/02/2024
  • Share

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, tem trocado ideia com um grande banco de investimento sobre a possibilidade de abertura do capital do clube em bolsa. A Lei das SAFs (Sociedades Anônimas do Futebol) autoriza a emissão de ações dos clubes-empresa. A própria CVM, inclusive, publicou o Parecer de Orientação n° 41/2023, estabelecendo diretrizes para o acesso das SAFs ao mercado de capitais – seja por emissão de debêntures, securitização ou IPO. Esse último é uma especialidade de Landim, que enfileirou ofertas de ações ao lado de Eike Batista nos tempos de EBX – é bem verdade que esse jogo não acabou bem. O IPO do Flamengo seria o grand finale da gestão do empresário. Seu mandato na presidência do clube se encerra em dezembro.

#Flamengo #Rodolfo Landim

Futebol

Corinthians está na marca do pênalti

15/02/2024
  • Share

Um grande banco de investimentos está rondando a pequena área do Corinthians. A aposta é que mais dia ou menos dia a bola vai sobrar no seu pé. Ou seja: o clube paulista será forçado a criar sua SAF e vender parte do capital na bacia das almas. Sua dívida disparou nos últimos meses e já teria superado a marca de R$ 2 bilhões – a maior do futebol brasileiro. Só o passivo com a Caixa Econômica referente à construção da Arena Itaquera passa dos R$ 700 milhões.

#Caixa Econômica #Corinthians #SAF

Futebol

City Group limpa o balanço da SAF da Bahia

5/02/2024
  • Share

Em poucos meses, o City Group – leia-se o sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan, membro da família real de Abu Dhabi – já desponta como benchmarking entre as SAFs no Brasil. Até o fim de 2024, o grupo pretende praticamente zerar a dívida do Bahia. Na semana passada, o clube baiano anunciou que o City Group já quitou cerca de R$ 256 milhões, o equivalente a quase 80% do passivo. Uma quantia adicional, em torno de R$ 45 milhões, está reservada pelo conglomerado de Abu Dhabi para o pagamento de outros débitos dentro do acordo de compra de 90% do capital da SAF do Bahia. Ficará um resíduo de não mais do que R$ 20 milhões, que poderão ser pagos com o próprio fluxo de caixa da operação.

#City Group #SAFs

Futebol

Será que a paixão de Abilio Diniz vai falar mais alto?

1/02/2024
  • Share

A diretoria do São Paulo está rodeando o ilustre tricolor Abílio Diniz. Tenta atrair o empresário para o projeto de reforma do Morumbi. Em dezembro passado, o clube firmou um pré-contrato com a WTorre, que ficará responsável pelas obras e pela posterior administração do estádio. Falta só o principal: funding. É aí que Diniz entraria em campo. O projeto está orçado em aproximadamente R$ 800 milhões.

#Abilio Diniz #Morumbi #São Paulo #WTorre

Futebol

Vitória prepara o terreno para criação da sua SAF

26/01/2024
  • Share

O Vitória da Bahia prepara-se para entrar no “Clube da SAF”. A agremiação abriu conversações com bancos de investimentos para a cisão do futebol e a venda de parte do capital. Segundo informações apuradas, a intenção é se desfazer de uma fatia minoritária e não do controle acionário. No ano passado, o Vitória chegou a receber sondagens para aportes da ordem de R$ 250 milhões. Agora, com a subida para a Série A do Brasil, os cartolas do clube só topam começar a conversa de R$ 600 milhões para cima.

#SAF #Vitória

Futebol

CBF age para apagar incêndio com patrocinadores

25/01/2024
  • Share

De volta à presidência da CBF, Ednaldo Rodrigues iniciou um “road show” junto aos maiores patrocinadores da entidade, um cast de pesos-pesados que inclui Itaú, Vivo, AmBev e Nike. Nas conversas, tem procurado ressaltar os “feitos” da sua gestão e assegurar que seu retorno ao cargo é definitivo. A prioridade de Rodrigues é aparar arestas com o banco dos Setúbal e a operadora de telefonia, os dois apoiadores mais incomodados em ver suas marcas associadas ao imbróglio jurídico e político da CBF.

Em dezembro, Itaú e Vivo, assim como a Mastercard, enviaram uma carta conjunta à entidade manifestando “profunda insatisfação com o modelo de gestão administrativa e liderança adotada pela confederação”. Na área jurídica da CBF, a missiva foi interpretada como uma possível estratégia das empresas com o objetivo de preparar o terreno para eventuais medidas judiciais mais à frente, em um cenário mais radical incluindo até mesmo a possibilidade de ruptura dos contratos de patrocínio. Consultados, Itaú e Vivo não se manifestaram.

Rodrigues ficou quase um mês afastado do cargo por decisão da 21ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Voltou ao comando da CBF no último dia 4 de janeiro, amparado em uma liminar do ministro Gilmar Mendes.

#Ambev #CBF #Itaú #Nike #Vivo

Futebol

A prioridade da vez no Flamengo

11/01/2024
  • Share

Em conversas com bancos de investimento, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, tem cravado que a SAF do rubro-negro sai do papel no primeiro trimestre de 2024. A princípio, o clube não vai vender ações. A ideia é aderir ao modelo de Sociedade Anônima para acessar o mercado de capitais por meio da emissão de debêntures, entre outras possibilidades de engenharia financeira.

#Flamengo #SAF

Futebol

XP e Portuguesa de Desportos ensaiam tabelinha

9/01/2024
  • Share

O RR ouviu uma fonte de estirpe cantar que a XP vai inaugurar a criação de uma SAF 100% nacional – o Cruzeiro, do meio brasileiro y mitad espanhol Ronaldo, não conta. O candidato ao investimento é a Portuguesa de Desportos, que corresponde em São Paulo o que o Bangu foi no Rio: um dos grandes do estado. Seria bom ver o clube de Ivair e Denner voltar a disputar a primeira série na Pauliceia.

#Portuguesa de Desportos #SAF #XP

Futebol

São Paulo reserva um lugar de honra para Abílio Diniz na reforma do Morumbi

22/12/2023
  • Share

O presidente do São Paulo, Julio Casares, discute com um petit comité de conselheiros do clube a proposta de criação de um fundo imobiliário para financiar a reforma do Morumbi. No clube há quem defenda, inclusive, uma solução caseira: oferecer as maiores cotas para enricados tricolores. O primeiríssimo procurado seria Abilio Diniz. De repente, vale testar também o “são-paulinismo” de Jorge Paulo Lemann. De uns tempos para cá, o empresário, que nunca foi muito afeito a futebol, deu para se declarar como torcedor do tricolor. Em certo momento, houve até especulações sobre o seu interesse em comprar uma participação no capital caso o São Paulo aprove a criação de sua SAF.

#Abilio Diniz #SAF #São Paulo

Futebol

Proposta do Corinthians é vista com ceticismo na Caixa

21/12/2023
  • Share
A área técnica da Caixa Econômica enxerga mais contas do que pró na engenharia apresentada pelo Corinthians para negociar a dívida referente à construção da Arena Itaquera. A proposta do clube prevê a criação de um fundo imobiliário, com a venda de 49% das cotas em bolsa. O problema é que o Corinthians se compromete apenas a pagar os juros da dívida com o lançamento dos títulos em mercado – um valor que está na casa dos R$ 100 milhões apenas em 2023. Já a quitação do passivo propriamente dito, em torno de R$ 600 milhões, seguiria na dependência de uma intrincada conta que leva em consideração as receitas futuras da arena e do próprio clube. Em contato com o RR, a Caixa informou que “não se manifesta sobre operações de crédito e estruturação de dívidas em razão do sigilo bancário previsto na LC 105/2001.”

Esta é uma novela que se arrasta desde 2014. Entre os estádios da Copa do Mundo, o “Itaquerão” é, de longe, o mais controverso. Em sua delação premiada, o empresário Emilio Odebrecht teria classificado a construção da arena como uma “espécie de presente” para Lula.

#Arena Itaquera #Caixa Econômica #Corinthians

Futebol

Fundo inglês ensaia entrada nos gramados brasileiros

20/12/2023
  • Share

Um grande banco de investimentos brasileiro, que carrega um punhado de mandatos para a venda de SAFs (Sociedade Anônima do Futebol), vem mantendo conversações com a Aethel Partners, sediada em Londres. Em pauta, não apenas a possibilidade de compra de participações em clubes brasileiros, mas também a aquisição de direitos comerciais, como licenciamento de marca e contratos com TV. A gestora pertence ao investidor português Ricardo Santos Silva e à norte-americana Aba Schubert. No ano passado, a Aethel fez uma proposta de 2,4 bilhões de euros para comprar o Chelsea, então controlado pelo magnata russo Roman Abramovich. Mas perdeu o jogo para o empresário norte-americano Todd Boehly.

#Aethel Partners #futebol #SAFs

Futebol

Queda de presidente provoca cortes em cascata na CBF

18/12/2023
  • Share

Após o afastamento de Ednaldo Rodrigues da presidência da CBF, as degolas começam a chegar na diretoria da entidade. Os ex-presidentes Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero querem a cabeça do advogado Helio Santos Menezes Junior, que ocupa a diretoria de governança e conformidade e responde interinamente pela área jurídica da Confederação. Baiano, assim como Ednaldo Rodrigues, Menezes foi levado para a CBF pelo agora ex-presidente. Outro personagem que deve ser atingido pelo “takeover” da entidade é o diretor de comunicação, Rodrigo Paiva.

#CBF #futebol

Futebol

Fluminense mira na criação da SAF, mas sem perder 1% do controle

13/12/2023
  • Share

Após a disputa do Mundial de Clubes, a direção do Fluminense vai retomar as discussões com o BTG para a criação da sua SAF (Sociedade Anônima do Futebol). Nesse caso, o Fla pode servir de benchmarking para o Flu. Um dos modelos sobre a mesa do presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, é a implantação da SAF, mas sem a venda de ações – estratégia similar à que Rodolfo Landim pretende adotar no Flamengo. Esse formato permitiria ao clube acessar outras formas de captação, notadamente via emissão de debêntures, mantendo 100% de controle sobre o futebol. É como Fernando Diniz, que não admite perder 1% de posse de bola.

#BTG #Fluminense #SAF

Futebol

Será que o Palácio do Planalto entra no jogo da CBF?

12/12/2023
  • Share

A crise política da CBF chegou à soleira do Palácio do Planalto. Emissários do baiano Ednaldo Rodrigues, deposto da presidência da entidade na semana passada por ordem da Justiça, bateram na porta do ministro da Casa Civil, Rui Costa. Sondaram Costa sobre a possibilidade de o governo Lula interceder politicamente para barrar a ofensiva contra Rodrigues. Difícil, muito difícil. Além da decisão judicial, há uma articulação encabeçada pelos ex-presidentes da CBF Marco Polo del Nero e Ricardo Teixeira, com o intuito de colocar Fernando Sarney, filho do ex-presidente José Sarney, no comando da Confederação.

#CBF #crise política #Ednaldo Rodrigues

Futebol

Um sobrenome de peso no take over da CBF

4/12/2023
  • Share

Os ex-presidentes da CBF Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero estão costurando apoios políticos para tirar do cargo o atual nº 1 da entidade, Ednaldo Rodrigues. Emissários de Teixeira já levaram o assunto ao ministro dos Esportes, André Fufuca. Outro nome importante na articulação está dentro da própria CBF: Fernando Sarney, um dos vice-presidentes da Confederação. O filho do ex-presidente José Sarney é desafeto de Rodrigues. Historicamente um nome poderoso dentro da CBF, foi jogado para escanteio na atual gestão. Pior: Rodrigues fez questão de afastar Sarney do posto de representante da CBF na Conmebol.

#André Fufuca #CBF #Fernando Sarney #Marco Polo Del Nero #Ricardo Teixeira

Futebol

SAF do Santos vai entrar em campo quase a fórceps

28/11/2023
  • Share

Grupos políticos de oposição pressionam o presidente do Santos, André Rueda, a dar a partida no projeto de criação da SAF. O assunto vai pegar fogo tão logo termine o Campeonato Brasileiro. Segundo o RR apurou, um banco de investimentos já está na porta da Vila Belmiro, pronto para tocar a operação. Rueda passou o ano dizendo que negociava uma parceria com a Qatar Sports Investments (QSI), dona do PSG, sem a necessidade de transformação do futebol em SAF. Nunca revelou como seria o modelo mágico e nem precisou, porque as conversas não avançaram.

#Qatar Sports Investments #Santos

Futebol

As táticas financeiras do Flamengo para a construção de seu estádio

21/11/2023
  • Share

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, está debruçado sobre dois modelos financeiro para viabilizar a construção do estádio do clube. Além da criação da SAF, que permitiria a emissão de debêntures especiais (as debêntures-fut), Landim mantém conversações com um grande banco de investimentos. A ideia, neste caso, é a criação de um fundo de real estate que seria sócio do Flamengo na construção e gestão da nova arena. O projeto é estimado em aproximadamente R$ 2 bilhões. Em tempo: se as negociações no âmbito privado falharem, o Flamengo ainda conta com a possibilidade de recorrer a um empréstimo da Caixa Econômica.

#Caixa Econômica #Flamengo #Rodolfo Landim #SAF

Futebol

Fluminense tenta driblar a retranca da Fifa

16/11/2023
  • Share

A área de marketing do Fluminense está quebrando a cabeça para realizar ativações de todos os seus patrocinadores durante a Copa de Mundo de Clubes, no mês que vem, na Arábia Saudita. Pelo menos oito parceiros vão ficar de fora da festa principal: os jogos do torneio. O motivo são as regras impostas pela Fifa: os participantes da competição podem exibir em seus uniformes apenas o patrocinador master e a marca do fabricante de material esportivo – no caso do Flu, respectivamente, a Betano e a Umbro.

#Copa de Mundo de Clubes #Fifa #Fluminense

Futebol

SBT entra em campo pelos direitos da Copa América

13/11/2023
  • Share

O SBT vai entrar na disputa pela Copa América de 2024, nos Estados Unidos. A operação está nas mãos da Brax, detentora dos direitos de transmissão do torneio. A empresa considera a hipótese de dividir o pacote para a TV aberta com mais de uma emissora.

#Copa América #SBT #transmissão

Futebol

Cruzeiro prepara emissão de dívida para reverter o placar

9/11/2023
  • Share

A direção da SAF do Cruzeiro conversa com bancos de investimento com o objetivo de realizar uma emissão de dívidas. A operação se daria com o lançamento das chamadas debêntures-fut, mecanismo de captação previsto na Lei das Sociedades Anônimas do Futebol. O objetivo principal é o pagamento de dívidas de curto prazo, dentro do plano de recuperação judicial, homologado pela Justiça em agosto. Controlada por Ronaldo Fenômeno, a SAF do Cruzeiro entrou em RJ com um passivou superior a R$ 530 milhões. A empresa se compromete a pagar quase R$ 100 milhões até dezembro de 2025.

#Cruzeiro #SAF

Futebol

São Paulo sai a campo em busca de recursos para o Morumbi

8/11/2023
  • Share

O São Paulo procura parceiros para tirar do papel a reforma do Morumbi. Há conversas com um grande banco de investimentos, já presente nos gramados brasileiros. O clube também teria mantido contatos com a WTorre, mas, nesse caso, a tabelinha é mais difícil. A construtora deverá concentrar seus esforços na reconstrução da Vila Belmiro – o contrato com o Santos foi assinado em setembro.

#Estádio do Morumbi #futebol #São Paulo

Futebol

Serengeti quer entrar na Liga Forte, mas só no segundo tempo

7/11/2023
  • Share

O Serengeti ainda está no jogo. O fundo, que saiu de campo e não acompanhou o desembolso de R$ 2,6 bilhões para os 25 clubes da Liga Forte do Futebol (LFF) e do Grupo União, sinalizou o interesse em participar da segunda etapa do aporte, prevista para daqui a um ano. Entre as agremiações, no entanto, o aceno dos norte-americanos é visto com ceticismo e até um certo desdém. O que se diz nos bastidores da bola é que o Serengeti jamais apresentou garantias e tampouco comprovou ter os recursos necessários para o negócio

#futebol

Futebol

Naming rights: a aposta da Betnacional

3/11/2023
  • Share

O site de apostas Betnacional vai aumentar suas fichas no Brasil. A empresa tem interesse na compra do namings rights do Campeonato Mineiro. Controlada pela Better Games Entertainment, com sede na Costa Rica, a companhia já dá nome ao Campeonato Pernambucano. E tem como seu maior garoto propaganda no Brasil o jogador Vinicius Junior. Entre os atletas da seleção, o cachê do craque do Real Madrid é superado somente pelo de Neymar. Por enquanto.

#Betnacional

Futebol

Libertadores vai jogar o valuation do Fluminense nas alturas

1/11/2023
  • Share

Se o Fluminense ganhar a Taça Libertadores, vai chover SAF em cima do clube. É que o Flu já entra em 2024 como uma das maiores agremiações em recebíveis do Brasil. O RR adianta que tem um banco paulista namorando a ideia.

#Fluminense #SAF

Futebol

SAF do Flamengo vai entrar em campo. Mas o jogo é outro

18/10/2023
  • Share

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, avança nos planos de criação da SAF. Até o fim do ano, o clube carioca deverá fechar com o adviser da operação – já há conversas com um grande escritório de negócios na área esportiva. Além do retorno aos títulos que ficaram faltando em 2023, Landim quer fazer do projeto a grande realização do seu último ano de mandato – o empresário deixa o cargo em dezembro de 2024. Mas, ao contrário de outros clubes que estavam de pires na mão, a ideia do Flamengo não é necessariamente vender uma fatia do seu capital. Os dirigentes rubro-negros vislumbram a possibilidade de recorrer a outros instrumentos de captação previstos na Lei das SAFs, como a emissão de debêntures.

#Flamengo #SAF

Futebol

Vem aí mais uma SAF no futebol brasileiro, mas sem venda de ações

22/09/2023
  • Share

O Fortaleza vai entrar no jogo das SAFs (Sociedades Anônimas do Futebol). No entanto, ao contrário do que já fizeram Vasco, Botafogo, Cruzeiro e Coritiba, o clube cearense pretende captar recursos em mercado sem a venda de ações.

Um dos modelos discutidos entre a diretoria do Fortaleza e seus advisers financeiros é uma emissão de títulos, as chamadas “debêntures fut”, operação prevista na Lei das SAFs. Não há pressa para a venda de participação societária. O Fortaleza tem uma das menores dívidas entre os clubes da Série A – R$ 63 milhões.

Seu passivo representa cerca de 25% do faturamento anual. Para efeito de comparação, o Atlético-MG, líder dessa pouco honrosa tabela de classificação, tem um endividamento três vezes superior à sua receita anual.

#Fortaleza #SAFs

Futebol

Grêmio procura um parceiro de ataque para comprar estádio

13/09/2023
  • Share

O Grêmio aposta em uma nova estratégia para, enfim, comprar o “seu” estádio, em Porto Alegre. A diretoria do clube gaúcho busca um investidor, notadamente da área de real estate, para ser seu parceiro na operação. A arena pertence à Coesa, ex-OAS, e ao FI-FGTS, administrado pela Caixa Econômica. A negociação com o banco estatal seria a parte menos complexa. Mas as relações entre o Grêmio e a empreiteira andam pouco amistosas, sobretudo porque nos últimos meses o clube não tem cumprido compromissos financeiros referentes ao uso do estádio. Para embolar ainda mais o meio de campo, há outros três protagonistas neste enredo: Banrisul, Banco do Brasil e Santander. A trinca de bancos conseguiu recentemente na Justiça a penhora da arena por uma dívida de R$ 220 milhões ainda referente ao empréstimo para a construção do empreendimento.

#Caixa Econômica #FI-FGTS #futebol #Grêmio

Futebol

Há um camarote à espera do Mubadala no futuro estádio do Flamengo

5/09/2023
  • Share

A diretoria do Flamengo está discutindo diferentes modelos financeiros para viabilizar a construção do futuro estádio do clube, na Zona Portuária do Rio. Uma das ideias é a montagem de um fundo de investimentos imobiliário, que assumiria o controle da arena. A venda das cotas desse fundo permitiria financiar parte do empreendimento, orçado em R$ 2 bilhões. Outro caminho aventado seria buscar um investidor que entraria tanto na construção quanto na gestão do estádio. Um nome citado entre os próprios dirigentes rubro-negros é o Mubadala. Nesse caso, a associação poderia derivar também para um acordo de naming & rights. Ressalte-se que Flamengo e Mubadala já dividem uma mesa de negociações: a da criação da Libra, projeto do qual o clube carioca é o principal líder. O fundo apresentou proposta para comprar uma participação de 20% na liga. 

Ressalte-se que os tentáculos do onipresente fundo soberano se estendem à International Vision Investment (IVI). Como de hábito nos Emirados, é tudo junto e misturado; no fim das contas, uma coisa só. Também controlada pelo governo local, a IVI é a gestora da Mubadala Arena, um complexo com capacidade para seis mil pessoas localizado em Abu Dhabi e usado para eventos esportivos e shows.

#Flamengo #Mubadala

Futebol

Um nome além-mar para a gestão da nova liga de futebol

8/08/2023
  • Share

O ex-CEO do Benfica, Domingos Soares de Oliveira, foi sondado por um grande banco de investimentos brasileiro para entrar no projeto de criação da nova liga de futebol no país. Oliveira é visto, inclusive, como um nome neutro, capaz de assumir a gestão do negócio. Antes, caberia ao executivo português a difícil tarefa de unir a Libra e a Liga Forte do Futebol (LFF). Do lado da primeira, estão 15 clubes, com o apoio financeiro do Mubadala; a LFF, por sua vez, reúne 26 agremiações, mais o fundo norte-americano Serengeti e a gestora brasileira Life Capital Partners (LCP).  

Domingos Oliveira comandou a SAD (Sociedade Anónima Desportiva) do Benfica – equivalente à brasileira SAF – entre 2004 e este ano. Em sua longeva gestão, conduziu não apenas o IPO da empresa, em 2007, mas outras 13 ofertas públicas de ações subsequentes. Oliveira também teve seu nome associado a escândalos: já foi acusado pelo Ministério Público português de crimes de fraude fiscal e falsificação. Ainda assim, é um nome em alta no setor. Além das sondagens vindas do Brasil, a imprensa portuguesa especula que Oliveira teria um convite para assumir a direção executiva do Al-Ittihad, um dos quatro grandes clubes da Arábia Saudita que contam com o apoio do trilhardário fundo soberano local. 

#Benfica #futebol #Mubadala #SAD

Futebol

Mais um gringo a caminho dos gramados brasileiros

28/07/2023
  • Share

Um grande banco de investimentos brasileiro tem mantido conversações com a Kapital Football Group, do norte-americano Joseph Dagrosa. O objetivo é atrair a gestora para a compra de SAFs (Sociedade Anônimas do Futebol). Dagrosa é dono de um patrimônio pessoal da ordem de US$ 3 bilhões. Fez fortuna com negócios na área de fast food. Entre outros negócios, a Kapital já foi proprietária do clube francês Bordeaux.

#Joseph Dagrosa

Futebol

Grêmio quer dar ordem de despejo à antiga OAS

11/07/2023
  • Share

O Grêmio está tentando aproveitar o momento conturbado da Coesa, empresa criada a partir de uma das costelas da antiga OAS, para negociar a compra do seu estádio. A Arena é avaliada em aproximadamente R$ 700 milhões, mas os dirigentes do clube gaúcho trabalham com a premissa de que a companhia teria pouco a receber. Além disso, a aposta é que a Coesa não está em condições de endurecer as conversas. No fim do mês passado, a empresa teve sua recuperação judicial revertida em falência pelo TJ-SP. No total, a companhia carrega mais de R$ 4,5 bilhões em dívidas herdadas da OAS. A própria relação societária com a Arena do Grêmio é enrolada. O estádio pertence ao FI-FGTS, administrado pela Caixa, e à Coesa. Esa última comprou a KPE Engenharia, que reunia ativos imobiliários da própria OAS. Ainda que a investida do Grêmio surta efeito, os derivativos empresariais da antiga construtora baiana estão longe de ser o maior enrosco do estádio. Há uma dívida de R$ 226 milhões com o Banrisul, Banco do Brasil e Santander, referente ainda à construção da Arena. Recentemente, os três bancos conseguiram a penhora judicial do complexo esportivo por conta do endividamento.

#Grêmio #OAS

Futebol

Investidor português pisa nos gramados brasileiros

26/06/2023
  • Share

Um grande banco de investimentos brasileiro está trabalhando com o objetivo de trazer a portuguesa Codecity Sports Management para os gramados brasileiros. Na mira, a aquisição de uma SAF (Sociedade Anônima do Futebol). Uma possibilidade sobre a mesa é uma operação com o Sport, de Recife, que está ultimando os preparativos para a cisão da sua operação de futebol. A Codecity, do investidor Rui Pedro Soares, tem investimentos em Portugal, mas também alguns negócios controversos. Um deles tornou-se uma grande batalha judicial: a aquisição do Belenenses, tradicional clube de Lisboa.

#Codecity Sports Management #Sport

Destaque

Adidas quer vestir Vini Jr. da cabeça aos pés

29/05/2023
  • Share

A Adidas encaminhou ao staff de Vinicius Jr. uma oferta cheia de dígitos para patrocinar o atleta a partir do segundo semestre. Há informações de que, além de polpudas bonificações financeiras, a empresa alemã teria colocado sobre a mesa uma série de ações para apoiar campanhas globais antirracismo, usando o jogador brasileiro como uma espécie de embaixador contra a intolerância étnica. Cabe lembrar que a Adidas é a fornecedora de material esportivo do Real Madri, o que pode encurtar o caminho até Vini. Jr. Procurada, a empresa não se manifestou.

Ressalte-se que a assinatura de contrato com outro patrocinador depende da resolução do impasse entre Vini Jr. e a Nike, parceira do craque desde os 13 anos. Devido a crescentes divergências, os advogados do atleta acionaram a empresa norte-americana na Justiça com o objetivo de romper o atual acordo, que vai até 2028. Na semana passada, no entanto, após as ofensas raciais sofridas por Vini Jr. na partida contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol, a Nike lançou um anúncio publicitário em apoio ao jogador. A ação divide assessores do atleta: há quem veja um sinal de trégua, uma tentativa da empresa norte-americana de renegociar o contrato de patrocínio em novas condições, mas existe também quem interprete a propaganda como uma iniciativa oportunista.

#Adidas #Real Madri #Vini. Jr.

Futebol

CBF esvazia Fernando Sarney e se aproxima do PT

26/04/2023
  • Share

Há uma fissura na cúpula da CBF. O presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, jogou Fernando Sarney para escanteio. Fernando, que ocupa uma das oito vice-presidências da Confederação, foi aparteado de todas as discussões estratégicas dentro da CBF. Rodrigues também tirou do filho do ex-presidente José Sarney o papel de articulador político da entidade junto ao governo e ao Congresso. O esvaziamento é amplo, geral e irrestrito. Há cerca de um mês e meio, Fernando Sarney já havia sido apeado do posto de representante da CBF junto à Fifa e à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). Rodrigues comprou uma briga de peixe grande. Além do notório peso político que seu sobrenome carrega, Fernando Sarney tem um longo histórico de poder na CBF. Entre idas e vindas, Fernando atua junto à entidade desde 1989 e ocupa uma das vice-presidências há 19 anos. 

Ao lipoaspirar os poderes de Fernando Sarney, Ednaldo Rodrigues está, por tabela, reduzindo também o espaço de influência do ex-presidente da CBF, Marco Polo del Nero. Banido do futebol pela Fifa por suborno e corrupção, Del Nero ainda paira sobre a Confederação como uma eminência parda. Fernando Sarney é um dos integrantes da diretoria da CBF mais ligado ao ex-presidente da entidade. Foi Del Nero quem o indicou, em 2015, para ser o representante da CBF na Fifa. 

Ednaldo Rodrigues, ex-presidente da Federação Baiana de Futebol, que se aproveitou de um vácuo de poder na CBF após o afastamento do então presidente Rogério Caboclo, tem feito mudanças importantes no eixo político da entidade. Rodrigues entregou a articulação política ao novo secretário geral da Confederação, Alcino Reis Rocha. É o nome certo para o momento. Rocha tem linha direta com o PT. Foi secretário Nacional de Futebol e Defesa do Torcedor no segundo mandato de Lula, quando da gestão de Orlando Silva no Ministério dos Esportes. Ocupou ainda a presidência da São Paulo Turismo quando o agora ministro Fernando Haddad era prefeito da capital paulista. Rodrigues parece disposto a fazer as concessões necessárias para azeitar o meio de campo com o governo Lula. Desde o início do ano, por exemplo, há rumores nos bastidores da bola de que Andrés Sanchez poderá ocupar um cargo na CBF. Ex-presidente do Corinthians, Sanchez foi deputado federal pelo PT e é próximo do presidente Lula. Era o manda-chuva do clube paulista quando a Odebrecht construiu o Itaquerão. Em seu depoimento à Lava Jato, o empresário Emilio Odebrecht teria classificado a obra com um “presente” para o corinthiano Lula.  

#CBF #Conmebol #Del Nero #Ednaldo Rodrigues #Emílio Odebrecht #Fernando Sarney #Fifa #Marco Polo Del Nero

Todos os direitos reservados 1966-2024.