26.04.18
ED. 5855

Carta fora do baralho

A nomeação de Pedro Parente como chairman da BRF virou pelo avesso o processo de sucessão na gestão executiva da companhia. Além de José Aurelio Drummond, que renunciou à presidência nesta semana, quem também deve deixar o cargo é Alexandre Martins de Almeida, vice-presidente Brasil. Almeida chegou a estar cotado entre os fundos de pensão para substituir o próprio Drummond. Com a chegada de Parente, a tendência é que o novo CEO seja contratado no mercado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.