03.09.19
ED. 6192

Câmbio do dia

O Palácio do Planalto já dá como certo um número recorde de emendas no Orçamento e de pedidos de recursos para obras em um primeiro ano de governo. É a fatura a ser paga aos parlamentares pela PEC da Previdência, a votação da indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada em Washington e a já precificada reforma tributária.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.