17.01.17
ED. 5540

Briga de vizinho

Os advogados do empresário Luiz Estevão estão solicitando a transferência de seu cliente para outra cela no presídio da Papuda. O motivo é prosaico: Estevão não suporta mais a convivência com o seu, digamos assim, room mate, o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. Há discussões quase diárias sobre a arrumação do ambiente e o barulho feito por Pizzolato.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.