28.06.17
ED. 5649

BNDES volta a sorrir

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, pretende buscar entre R$ 30 bilhões a R$ 50 bilhões para engordar o caixa de R$ 100 bilhões já disponível no banco. Os recursos adicionais vão engrossar as linhas de crédito do projeto que já está sendo chamado internamente de “BNDES Sorriso”. De onde ele vai obter os recursos é que são elas. Se seguisse os exemplos dos governos FHC e Lula, poderia dar uma pedaladinha. Mas o impeachment de Dilma Rousseff estigmatizou expediente contábil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.