01.09.16
ED. 5446

Benchmarking

 Ontem, logo após a votação em separado do impeachment e da inelegibilidade de Dilma Rousseff, Eduardo Cunha recebeu dezenas de telefonemas de saudação de aliados. Há a certeza de que ele será cassado. E a convicção de que voltará à Câmara em dois anos e meio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.