28.06.19
ED. 6145

Avant première

A determinação do presidente Jair Bolsonaro de vetar a lista tríplice para a escolha de dirigentes das agências reguladoras foi recebida no gabinete de Raquel Dodge como uma espécie de “aviso dos céus”. Se o expediente vale para as agências, pode valer também para a Procuradoria Geral da República.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.