fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
08.01.20

Xadrez das concessões

Informação de cocheira auscultada no Ministério de Infraestrutura: dois grupos chineses, entre os quais a CCCC, e um espanhol já manifestaram interesse em disputar a concessão da BR-381, no Vale do Aço (MG). De acordo com a mesma fonte, o ministro Tarcisio Freitas pretende realizar o leilão ainda neste semestre. Será a primeira licitação rodoviária com o novo modelo elaborado pela área de Infraestrutura: quem se comprometer a pagar a maior outorga no período da concessão leva. Este formato vai substituir a oferta do menor pedágio. O investimento previsto para a duplicação da BR-381 é de R$ 5 bilhões. Em 2014, o governo Dilma chegou a anunciar R$ 2,5 bilhões para as obras. A promessa nunca saiu do papel.

O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, trabalha para juntar fios e costurar um consórcio entre grandes tradings agrícolas para a concessão da BR-163. Entrariam no comboio empresas como Louis Dreyfus, Cargill e Amaggi. O leilão do trecho de quase mil quilômetros entre Sinop (MT) e Miritituba (PA) está previsto para este ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.01.20

Permissão para atracar

A julgar pela intensa interlocução com o ministro Tarcisio Freitas, a Dubai Ports World desponta como a principal candidata ao leilão do antigo terminal de contêineres do Grupo Libra no Porto de Santos. A DP World já está á frente de uma grande operação portuária no país, a Embraport.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.12.19

Decolagem a perigo

A ideia de Tarcísio Freitas de passar à Infraero a gestão da base de Alcântara enfrenta resistências no estamento militar. As Forças Armadas consideram a instalação estratégica demais para cair em uma estatal civil. O Ministério da Infraestrutura garante que trabalha em “comum acordo” com o Ministério da Defesa “para capacitar a base”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.12.19

Maquinista

O ministro Tarcisio Freitas “pressiona” o TCU dia sim e o outro também pela aprovação do estudo preliminar da concessão da Ferrovia de Integração OesteLeste. O governo quer despachar esse trem no primeiro semestre de 2020. Bem, cronogramas, Freitas tem aos borbotões; cumpri-los é que são elas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.19

Recolocação

O general Mario Velloso Guimarães está cotado para assumir um cargo no âmbito do Ministério do Desenvolvimento Regional. O militar deixou a presidência da Valec no início de novembro em meio a divergências com o ministro Tarcisio Freitas. À época, disse que não abria mão de suas convicções, sem traduzir o significado da sua frase.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, determinou que a Infraero venda primeiro a sua fatia de 49% no aeroporto de Guarulhos. A aposta é que um ágio mais elevado pelo principal terminal do país ajude a impulsionar a valoração das participações da estatal em outros aeroportos já privatizados – Galeão, Viracopos, Confins e Brasília. A ideia do governo é vender toda essa leva até o fim de 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.12.19

Pouso de emergência

Governadores do Nordeste – notadamente Camilo Santana, do Ceará –têm alertado o ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, sobre o risco de esvaziamento e, no limite, até mesmo fechamento de aeroportos em cidades do interior. O personagem central da história é a Passaredo. A companhia aérea vem gradativamente encerrando operações em terminais nordestinos para concentrar seus investimentos no Sudeste. Em muitos desses aeroportos, a Passaredo era praticamente a única empresa a ter uma atuação representativa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.12.19

Extra! Extra!

A Etihad Railway, dos Emirados Árabes, é a carta no colete do ministro Tarcísio Freitas para o leilão da Ferrogrão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.12.19

Trilhos sinuosos

O imprimatur do TCU está longe de ser o epílogo da novela da renovação da concessão da Malha Paulista. Falta o sinal verde da ANTT, onde o processo se arrasta feito um réptil há quase dois anos. A Rumo Logística, responsável pela ferrovia, conta com o prestígio do ministro Tarcisio Freitas para matar essa cobra. Disso depende um investimento de R$ 6 bilhões

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.11.19

O manche do FMM

O ministro Tarcísio Freitas trabalha para que a Pasta da Infraestrutura passe a ter dois representantes no Conselho do Fundo da Marinha Mercante (FMM), em vez de apenas um. O argumento é que a gestão de projetos para a indústria naval está pendurada no seu Ministério. Dado o prestígio de Freitas junto ao Palácio do Planalto, é bem capaz do pleito ser atendido. O que está em jogo é a gestão de um orçamento de R$ 6,3 bilhões em 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.