fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
31.08.21

“BR do Mar revolto”

O ministro Tarcisio Freitas tem feito gestões junto ao Cade na tentativa de aparar arestas em relação ao BR do Mar, projeto em tramitação no Senado. O Conselho já alertou para o risco do novo marco regulatório da cabotagem aumentar a concentração de mercado e favorecer armadores estrangeiros. Consultado, o Ministério afirma que “as sugestões do Cade são pontuais, não tirando o mérito do projeto.”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.08.21

Cantando pneu

O “lobby dos recauchutados” bateu à porta de Ciro Nogueira. Empresas de remoldados tentam angariar o apoio do ministro da Casa Civil à proposta de uso de pneus reformados em motocicletas, triciclos e motonetas. Pouco provável que Nogueira compre essa briga com o colega Tarcísio Freitas. Desde 2004, o Denatran/Contran, vinculado à Pasta da Infraestrutura, proíbe o uso de recapados nesses veículos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.08.21

Na cola dos inimigos

A ordem no Palácio do Planalto é para que ministros como Ciro Nogueira, Rogério Marinho e Tarcisio Freitas intensifiquem suas viagens ao Nordeste. Ciro Gomes e, principalmente, Lula têm circulado pela região sem qualquer “marcação” adversária.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.08.21

Nos trilhos 1

O ministro Tarcísio Freitas deverá comparecer às manifestações a favor da construção da Ferrogrão, marcadas para o próximo sábado, em Sinop (MT). Organizado por produtores rurais, o ato será uma resposta aos ataques de ambientalistas ao projeto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.08.21

O “chanceler” Onyx Lorenzoni

No governo Bolsonaro, todo mundo se apropria das funções do Itamaraty e faz política externa. Na semana passada, segundo o RR apurou, Lorenzoni se reuniu com o embaixador do Uruguai em Brasília, Guillermo Gamés. No caso em questão, posou não apenas de chanceler como ainda tirou uma casquinha da Pasta de Tarcísio Freitas. De acordo com a mesma fonte, Lorenzoni e Galmés conversaram sobre projetos de infraestrutura, entre os quais a construção de uma ponte sobre o Rio Jaguarão, na divisa entre os dois países, e melhoria das condições de navegabilidade na hidrovia Brasil-Uruguai. Vai ver, Lorenzoni pretende começar pela fronteira algum novo programa de geração de emprego. Consultado, o Ministério do Trabalho não se pronunciou.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.08.21

DNIT entre o Centrão e a seca

O PL, de Waldemar Costa Neto, está ávido para fisgar o comando do DNIT e um orçamento da ordem de R$ 8 bilhões. Mas o “adversário” é forte: o ministro Tarcisio Freitas, principal defensor da permanência do atual diretor-geral da autarquia, o general Antonio Santos Filho.

Por falar em DNIT, a autarquia identificou a necessidade de dragagem urgente do Rio Paraguai. Com as secas e o avançado nível de assoreamento, a previsão é que vários trechos da hidrovia se tornem inavegáveis a partir de setembro, com razoável impacto sobre o agronegócio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O governo, ao que tudo leva a crer, está dando razoável importância à Expo Dubai 2020. Paulo Guedes, Tarcísio Freitas e Tereza Cristina – talvez os três ministros mais representativos da gestão Bolsonaro – deverão participar do evento, que será aberto em outubro. Consultados, os Ministérios da Economia e da Agricultura não se pronunciaram. A Pasta da Infraestrutura informou que “ainda não temos a confirmação de participação nesta agenda”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.07.21

Uma boa nova na infraestrutura…

A Russian Railways, que administra quase cem mil quilômetros de trilhos no país europeu, teria demonstrado interesse em participar da licitação dos trechos II e III da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

…E outra nem tanto

Tarcisio Freitas tem sérias dúvidas se vai conseguir leiloar o trecho da BR-163, entre Mato Grosso e Pará, na licitação marcada para amanhã. O interesse dos investidores é pequeno. É provável que o lance vencedor tenha um deságio baixo sobre a tarifa fixada. Procurado, o Ministério da Infraestrutura informou que “o foco de todo o programa de concessões do Minfra não está no deságio ou capacidade arrecadatória do ativo, mas na contratação do investimento privado. No caso da BR-163, serão quase R$ 2 bilhões de investimentos previstos.”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.07.21

Diplomacia verde

Há um movimento comandado pelo coronel Tarcísio Freitas para transformar os debêntures da infraestrutura em green bonds, o que fortaleceria a tese de estender o acesso de novos investidores às debêntures incentivadas. Explica-se: as debêntures incentivadas estão circunscritas às pessoas físicas. Por enquanto, o filé mignon das debêntures da infraestrutura continua mal passado. Os títulos não foram liberados para os investidores institucionais com o respectivo incentivo fiscal. O projeto de lei permanece parado na Câmara. Um pincelada de verde talvez ajude a quebrar a inércia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.07.21

Pé na estrada

Segundo o RR apurou, o TCU deverá votar em agosto o edital de concessão das BR2 262 e 381. De acordo com a mesma fonte, haverá poucas mudanças no texto original. Tarcísio Freitas agradece. Com isso, cresce a chance do leilão ser realizado ainda neste ano, provavelmente em novembro. Procurado, o TCU informou que o “assunto é objeto do processo TC 028.116/2020-8, ainda não apreciado pelo Tribunal.”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.