fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
27.01.21

Torcida organizada

O RR apurou que a cúpula da Conmebol solicitou à Polícia Federal e à PM do Rio reforço no esquema de segurança para a final da Taça Libertadores, no próximo sábado, entre Palmeiras e Santos. Os gringos estão atentos à temperatura institucional no Brasil: temem protestos no entorno do Maracanã contra o palmeirense Jair Bolsonaro, que deverá comparecer à partida.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.12.20

Covid-19 contamina final da Libertadores no Rio

Uma fonte do RR com acesso à cúpula da Conmebol bate de primeira: por conta da disparada do número de casos de Covid-19 no Brasil, a entidade cogita retirar a decisão da Taça Libertadores do Rio de Janeiro – a partida está marcada para 30 de janeiro. A entidade discute também a hipótese de realizar a fase final da competição em uma só cidade. Seria um formato semelhante ao adotado, por exemplo, na última edição da Champions League, que criou uma espécie de “bolha” confinando as equipes em Lisboa. Esse modelo seria implantado a partir das semifinais – não há mais tempo hábil para remarcar os jogos das quartas de final, que começam nesta semana. As medidas, segundo a mesma fonte, serão discutidas nos próximos dias diante do agravamento da Covid-19 na América do Sul, especialmente no Brasil. Os clubes brasileiros acumulam o maior número de casos da doença na região. Há duas semanas, havia simultaneamente 57 atletas e membros de comissão técnica contaminados, apenas na Série A do Campeonato Brasileiro. O vai-e-vem dessas equipes por diferentes cidades do continente é considerado um risco.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.