fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
21.12.20

Rumo à Ferrogrão

A Rumo Logística, de Rubens Ometto, é tratada dentro do Ministério da Infraestrutura como forte candidata ao leilão da Ferrogrão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.11.20

O leque da Cosan

Quem tem dindim pode doar dinheiro para campanhas eleitorais fadadas a não terem êxito. O dono do Grupo Cosan, Rubens Ometto, por exemplo, entregou R$ 200 mil ao pole position da prefeitura de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Mas deu também metade da bufunfa de Covas para o tucano Andrea Matarazzo, cuja vitória era, digamos, impossível. Vá lá que alguma doação seja coisa de amizade. Os R$ 2,3 milhões que o empresário jogou no pleito (Ometto foi o quarto maior doador das eleições no primeiro turno) sobram para agraciar perdedores e ganhadores.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.12.19

Os sinuosos trilhos do TCU

O empresário Rubens Ometto, dono da Rumo Logística, está cuspindo marimbondos em relação ao TCU. A leitura é que o parecer encaminhado pelo Tribunal de Contas à ANTT, com 39 recomendações, mais emperra do que ajuda na renovação antecipada da concessão da Malha Paulista. Ressalte-se que boa parte das determinações veio do Ministério Público Federal. Na interpretação da Rumo, o TCU lavou as mãos em relação ao caso. A rigor, o ministro Augusto Nardes, relator do processo, não precisaria consultar o órgão – uma vez que o regimento interno do TCU dispensa esse procedimento em casos de privatização ou prorrogação de concessões. Agora, caberá à ANTT deliberar em cima do nada conclusivo relatório do Tribunal. Enquanto isso, mais de R$ 8 bilhões em investimentos atrelados à prorrogação da concessão estão congelados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.09.19

Um trem que não passa

Rubens Ometto, apoiador de primeira hora de Jair Bolsonaro, anda amuado. Oito meses se passaram e nada do governo autorizar a renovação da concessão da Malha Paulista, pertencente à Rumo. O pedido foi aprovado pela ANTT há um ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.07.19

Palavra de honra

A operação da Norte-Sul entre Goiás e Tocantins começará em dezembro. Palavra de Rubens Ometto, dono da Rumo, que arrematou a concessão, ao ministro Tarcisio Freitas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.02.19

Um trilho de mão dupla

A Rumo Logística, de Rubens Ometto, encaminhou ao ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, um projeto de investimentos na Malha Paulista, no valor de R$ 5 bilhões. Não deixa de ser uma forma de pressionar o TCU, que até o momento não autorizou a renovação antecipada da concessão. Enquanto não tiver o sinal verde do Tribunal, Ometto não gastará um centavo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.10.18

Todos querem um pouco de Ometto

Rubens Ometto já foi procurado por emissários tanto de Jair Bolsonaro quanto de Fernando Haddad em busca de apoio financeiro. Até o momento, o dono da Cosan é o grande “mecenas” destas eleições. Lidera o ranking de doações, com R$ 6,8 milhões distribuídos para mais de 50 candidatos de 13 partidos. Ressalte-se que, no primeiro turno, Ometto não deu sequer um centavo para qualquer candidato à Presidência. Tem pelo menos duas semanas para sair do zero…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.10.18

Vida de Ometto merece horário nobre

O que une Waldomiro Pena, o intrépido jornalista interpretado por Hugo Carvana em “Plantão de Polícia”, Tito Lívio, delegado corrupto vivido por José Wilker em “Bandidos da Falange”, e Rubens Ometto? Assim como os demais, o dono da Cosan está se juntando à galeria de “personagens” de Aguinaldo Silva. Segundo uma fonte próxima ao empresário, Ometto terá sua biografia escrita pelo aclamado novelista. A obra servirá como base para a produção de um “docudrama” – como o nome sugere um documentário com a dramatização de fatos reais. Parece oportuno para “remasterizar” a imagem de Ometto. Não obstante sua inegável trajetória de sucesso na consolidação do maior grupo sucroalcooleiro do país, mais recentemente sua biografia tem sido pontilhada por algumas nódoas. Em 2017, o MP do Rio pediu a cassação do registro da Raízen – joint venture entre a Cosan e a Shell – sob a acusação de venda de combustível adulterado. Ontem mesmo o Cade abriu processo contra a empresa por supostas práticas contra a concorrência na venda de querosene de aviação. E ainda há o fantasma Palocci: a queda de 13% das ações da Cosan ao longo da última semana tem sido atribuída no mercado a uma eventual citação à empresa na delação do ex-ministro. Certamente, Aguinaldo Silva saberá dar a devida carga dramática a esses episódios.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.09.18

Ometto esbarra na “Estação TCU”

No encontro que teve com o presidente Michel Temer no Palácio do Planalto, na última quarta-feira, o empresário Rubens Ometto falou de eleições (pouco) e de ferrovia (muito). Hoje, um dos grandes nós entre os negócios de Ometto é a renovação antecipada da concessão da Malha Paulista, pertencente à Rumo Logística. Depois de mais de um ano sentada sobre a questão, a ANTT aprovou a extensão do contrato por mais 30 anos. Ometto, no entanto, ainda aguarda pelo sinal verde do TCU, onde o processo está parado. Na conversa com Temer, o empresário jogou com sua carta trunfo, alertando que um investimento da ordem de R$ 4,5 bilhões está condicionado à renovação da concessão. A essa altura, contudo, a três meses de deixar o Planalto, o presidente está longe de ser o melhor “advogado” da República para interceder junto ao TCU.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.09.18

Destucanou

Rubens Ometto, amigo de Geraldo Alckmin, “destucanou”. O dono da Cosan está se aconchegando, com açúcar e afeto, na campanha de Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.