fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
04.11.19

Privatiza, Minas!

Romeu Zema prepara uma grande campanha publicitária para convencer o povo mineiro da necessidade de privatização da Cemig – a operação terá de ser aprovada em plebiscito. Periga torrar uma grana e depois a venda da estatal ser barrada na Assembleia Legislativa

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.10.19

De cara na porta

Em boa parte, o pedido de recuperação judicial da Renova Energia, leia-se Cemig, vai para a conta de Romeu Zema. O próprio governador tentou diretamente obter o waiver do BNDES a uma dívida de US$ 1 bilhão da empresa. Levou “não” atrás de “não”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.10.19

Ajuste fiscal

Não é uma diária de R$ 1,5 mil que vai quebrar a federação brasileira. Mas talvez tenham faltado bom senso e preocupação com o simbólico aos governadores do Sul e do Sudeste. O Resort Costão do Santinho, em Florianópolis, foi o escolhido para abrigar, nos próximos dias 18 e 19, o 5º Encontro entre os chefes do Executivo das duas regiões. O tema central será justamente a crise fiscal. Vai ser curioso ver Eduardo Leite, com o déficit de R$ 5 bilhões previsto para este ano no Rio Grande do Sul, ou Romeu Zema, com o rombo de R$ 15 bilhões nas contas mineiras, falando de austeridade naquele cenário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.10.19

A voz do povo?

Romeu Zema quer acelerar o referendo sobre a venda da Cemig e da Copasa. O governador joga todas as suas fichas no “sim” dos mineiros para pressionar a Assembleia Legislativa a autorizar as duas privatizações. E se o “não” falar mais alto? Aí a banca de Zema está quebrada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.09.19

Projeto na nuvem

O governo de Romeu Zema planeja atrair grandes multinacionais da área de TI, com incentivos tributários notadamente para a instalação de data centers. O “X” da questão será como encaixar a renúncia fiscal nas contas públicas de um estado prestes a fechar o ano com um déficit de R$ 15 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.09.19

Em busca do waiver da Avenida Chile

O governador Romeu Zema tem feito gestões junto ao presidente do BNDES, Gustavo Montezano, para que o banco prorrogue mais uma vez o vencimento do empréstimo de R$ 933 milhões relativo à construção do parque eólico de Alto Sertão III, na Bahia. O empreendimento pertence à Renova Energia, leia-se Cemig e Light. O financiamento venceria em agosto, mas o banco já concedeu um primeiro waiver e esticou o prazo para 15 de outubro. Não foi o suficiente. O acordo com o BNDES é um dos movimentos necessários para viabilizar a venda de Alto Sertão III à AES Tietê, uma operação da ordem de R$ 400 milhões. Trata-se de um negócio fundamental para a própria sobrevivência da Renova.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.09.19

Privatização à vista

A equipe econômica de Romeu Zema abriu conversações com o BNDES em torno da venda da participação do governo de Minas Gerais na Gasmig. Meta perseguida pelos mineiros: colocar R$ 1,5 bilhão no caixa com a operação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.09.19

Zema dá de ombros ao Partido Novo

Com uma só canetada, Romeu Zema provocou forte descontentamento na sua equipe econômica e no Partido Novo. O motivo foi a nomeação do deputado Bilac Pinto (DEM) como responsável pelas negociações para a adesão de Minas Gerais ao programa de recuperação fiscal do governo federal. A medida subtrai poderes do secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, que até então conduzia as tratativas com o ministro Paulo Guedes. Barbosa, ex-secretário de Fazenda do Rio, é um nome caro ao Partido Novo. Foi indicado para o cargo pela sigla, mais precisamente pelo ex-BC Gustavo Franco. Outro fator amplifica a insatisfação do partido: a nomeação de Bilac Pinto leva para dentro da gestão Zema uma fragrância de Aécio Neves. O deputado foi secretário de Ciência e Tecnologia de Minas na gestão do tucano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.08.19

Saudades de Zema

A Lojas Zema, rede varejista de Minas Gerais, parece estar sentindo falta do antigo presidente do Conselho. A empresa do governador Romeu Zema tem amargado prejuízos e aumento da inadimplência. Da última vez que isso ocorreu, há dois anos, Zema fechou de uma só tacada 60 lojas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.08.19

Novo, pero no mucho

Mais um capítulo dos entreveros entre João Amoedo e Romeu Zema. O Partido Novo tem deixado o governador mineiro à margem das discussões em torno da escolha do candidato da sigla à Prefeitura de Belo Horizonte em 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.