fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

O Ministério do Desenvolvimento Regional corre o risco de virar um comitê de campanha de seu ex-titular, Rogério Marinho. Há uma pressão interna pela entrega de projetos no Rio Grande do Norte, onde Marinho disputa a eleição ao governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.04.22

Visões opostas

Um raro desencontro entre Jair Bolsonaro e Rogério Marinho. O ex-ministro confidenciou a um parlamentar, fonte do RR, que não nutre simpatia pela possível candidatura da deputada Carla Dickson ao governo potiguar. Ao contrário de Bolsonaro, que já apoiou a ideia publicamente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O ministro Rogério Marinho tem sido pressionado por prefeitos e parlamentares de Minas Gerais, Bahia e Ceará. Os políticos cobram mais verbas do Ministério do Desenvolvimento Regional para compensar a retirada de dezenas de municípios do Mapa do Semiárido do Cerrado. A saída do clube custou algumas dezenas de milhares de reais em recursos da Sudene.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.02.22

Estiagem de investidores

O ministro Rogério Marinho e equipe temem um “fracasso de bilheteria” ou algo do gênero no leilão do projeto de irrigação do Baixio de Irecê (BA). A Pasta do Desenvolvimento Regional já adiou a licitação de fevereiro para 15 de março. Nos bastidores, candidatos contestam a viabilidade econômico-financeira e os cálculos de retorno financeiro para o investimento de R$ 1 bilhão. Consultado, o Ministério informou que o adiamento se deu para “atender algumas empresas que manifestaram interesse no projeto, mas precisavam de mais tempo para formular suas propostas”. A Pasta acrescenta que “há expectativa de concorrência pelo ativo”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.22

Obras cenográficas

O “Ministério das Obras Eleitorais” está a pleno vapor. Na última quarta-feira, o ministro Rogério Marinho anunciou a liberação de R$ 40 milhões para a construção da Ponte do Mártires, em Natal (RN), seu estado. Faltou o principal: a obra não tem data para começar e muito menos para terminar. A essa altura, isso é só um detalhe.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.01.22

Me dá um dinheiro aí

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, tem conversado dia sim e o outro também com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, com o objetivo de agilizar a liberação integral de R$ 935 milhões. Os recursos são destinados a reparar os  danos causados pelas enchentes no estado. O pedido de apoio emergencial ao governo federal foi feito no dia 12 de janeiro, mas, até o  momento, a maior parte do dinheiro ainda não saiu.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.12.21

O sal da terra de Rogério Marinho

A indústria salina do Rio Grande Norte bateu na porta do ministro do Desenvolvimento, o potiguar Rogério Marinho. Busca em Marinho um aliado dentro do governo para a criação de barreiras alfandegárias contra a importação de sal. O objetivo do setor é restringir, principalmente, a entrada do produto proveniente da Bolívia, destinado ao consumo animal.

As compras dispararam nos últimos meses. A indústria potiguar acusa os bolivianos de prática de dumping, com preços artificialmente baixos, até 30% inferiores aos do mercado interno. Será que Marinho vai comprar o barulho, provavelmente abrindo mais um flanco de discórdia com Paulo Guedes, sempre avesso a barreiras tributárias?

Consultado, o Ministério do Desenvolvimento Regional disse ao RR que “Rogério Marinho, enquanto parlamentar, sempre defendeu o setor salineiro do Rio Grande do Norte.” Por ora, no entanto, o Ministério do Desenvolvimento Regional não manteve qualquer conversa com a Economia sobre o assunto, segundo palavras da própria Pasta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O ministro Rogério Marinho articula junto ao Conselho Monetário Nacional um ajuste nas regras das linhas de crédito dos chamados fundos constitucionais. Marinho defende a redução dos juros dos financiamentos aos demais setores para níveis mais próximos aos do crédito rural. Hoje, os projetos agrícolas chegam a pagar metade das taxas cobradas a outras áreas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O ministro da Comunicação, Fabio Faria, está sentindo um cheio de pólvora no ar. Os rumores sobre sua possível indicação a vice na chapa de Jair Bolsonaro seriam uma forma de queimar sua candidatura ao governo do Rio Grande do Norte. Seu principal concorrente é o atual ministro Rogério Marinho.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.10.21

Sem verbas, o sertão vai continuar sertão

O ministro Rogério Marinho está tentando catar raspas e restos de emendas parlamentares para garantir a continuidade da Operação Carro Pipa ao menos até o fim do ano. Seriam necessários cerca de R$ 100 milhões. O projeto de distribuição de água a cidades atingidas pela seca, notadamente no Nordeste, corre o risco de ser interrompido ainda neste mês por falta de verbas. Consultado, o Ministério do Desenvolvimento Regional disse que a Pasta e o Ministério da Economia “buscam alternativas orçamentárias”. Nos bastidores, no entanto, o que se diz é que a equipe econômica tem feito jogo duro para liberar novos recursos. Não é nem má vontade do “Posto Ipiranga” com o “ministro Fura Teto”. O problema é de onde tirar o dinheiro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.