fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
04.07.22

Concorrência com fome

É grande o apetite contra o iFood. O aplicativo de delivery Goomer vai se juntar à Rappi na ação movida contra o concorrente no Cade. O iFood é acusado de impor acordos de exclusividade e cláusulas draconianas a bares e restaurantes. Foi a principal razão para a Uber encerrar as atividades da divisão Uber Eats no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.06.22

Apetite redobrado

Fundos acionistas da Rappi preparam um novo aporte na plataforma de delivery. Na última rodada de investimentos, há cerca de um ano, a empresa levantou US$ 500 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.02.22

Vale-refeição

O RappiBank, fintech da plataforma de delivery Rappi, estuda criar uma linha de crédito para financiar operações de M&A entre restaurantes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.02.22

“Uberização”, sim, mas com limites

Má notícia para Uber, iFood, Rappi e congêneres. De acordo com uma fonte do próprio TST, dentro da Corte há um crescente entendimento quanto à existência de vínculo empregatício entre motoristas e entregadores de aplicativos com as respectivas empresas. Neste momento, esta seria, inclusive, a interpretação predominante entre os integrantes da Subseção Especializada em Dissídios Individuais 1. Uma forte sinalização neste sentido vem de um julgamento sobre o tema em curso na Sexta Turma do Tribunal. Dois ministros já votaram a favor da tese. Ambos fazem parte da Subseção I, que também deverá apreciar a matéria. Dos 11 ministros restantes, outros três já sinalizaram também votar pelo vínculo, de acordo com a mesma fonte. Ficaria faltando apenas um voto pró-trabalhadores.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.02.22

Alta caloria

O Rappi já ajudou a “expulsar” o Uber Eats do Brasil – o sistema encerra sua atuação no país em março. Agora planeja expandir suas operações para outros mercados da América do Sul.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.01.22

Prato cheio

Itaú e Rappi estariam costurando uma parceria. Um dos projetos sobre a mesa seria a criação de um cartão de crédito próprio da plataforma de entregas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.04.21

Entrega na bolsa

O Rappi, plataforma de delivery, iniciou preparativos para o seu IPO. A abertura de capital estaria prevista para 2022.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.03.21

Novo cardápio

O Rappi, que nasceu como um aplicativo de entrega de restaurantes, estuda abrir sua plataforma para que pessoas comprem e vendam mercadorias. A empresa passaria a concorrer com o Mercado Livre, entre outras plataformas similares. Em setembro passado, o Rappi recebeu um aporte de US$ 300 milhões liderado pela gestora norte americana T. Rowe Price Associates.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.02.20

O avanço do SoftBank

O japonês SoftBank deverá investir US$ 600 milhões em startups no Brasil nos próximos dois anos. Será a maior fatia do bolo de US$ 1 bilhão que os asiáticos vão aportar na América Latina. O SoftBank já é sócio de startups no Brasil, como a Rappi.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.