fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
18.12.20

Costura para lá e para cá

A candidatura de Oto Alencar (PSD-BA) à presidência do Senado ganhou fôlego. Responsável pelas articulações, Gilberto Kassab garante ter o apoio tanto do DEM quanto do PT.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.12.20

Alerta do comandante

Em reunião fechada com o conselho político da Força Sindical, realizada por vídeo conferência na última terça-feira, José Dirceu deu o que todos entenderam ser um recado para dentro do PT: “Precisamos reconquistar a periferia”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.11.20

Dose dupla

O PT se uniu a Rodrigo Maia para barrar a unção de Arthur Lira à presidência da Câmara. O problema é o candidato, Baleia Rossi. Lula não se esquece do seu comportamento no impeachment de Dilma.

Por falar em Arthur Lira, o candidato do Palácio do Planalto à presidência da Câmara dos Deputados é nome certo nas próximas viagens de Jair Bolsonaro ao Nordeste. O ministro Rogério Marinho já recebeu a missão de encaixar ao menos duas inaugurações de obras em Alagoas, estado natal de Lira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.11.20

Propaganda nada velada

A decisão do governador da Bahia, Rui Costa, de agendar a assinatura do contrato de construção da ponte Salvador-Itaparica para o dia 12 de novembro, a três dias das eleições municipais, parece propaganda política. Parece, não, é. Segundo o RR apurou, uma das convidadas para o evento será a candidata do PT à Prefeitura de Salvador, major Denice Santiago. Se bem que, a essa altura, haja ponte: Denice patina nas pesquisas eleitorais com 13%, a léguas do candidato do DEM e de ACM Neto, Bruno Reis, com 61%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.10.20

Asfixia

Às vésperas das eleições municipais, o PT vai sofrer um duro baque financeiro: ficará um mês sem receber o rateio do fundo partidário. O dinheiro retido servirá para o pagamento de uma multa de R$ 6,9 milhões aplicada pelo TSE. O PT foi condenado por irregularidades no uso de recursos do Fundo na longínqua eleição de 2014.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.10.20

O vazio petista

No PT do Rio já se discute o que fazer no segundo turno da eleição municipal: apoiar o antigo aliado Eduardo Paes ou assumir uma postura de neutralidade. Uma certeza o partido já tem: Benedita da Silva não estará no segundo turno.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.08.20

Candidato-relâmpago

Uma ala mais radical e impaciente do PT já defende a troca do pré- candidato à Prefeitura de São Paulo. Em pesquisas recentes feitas pelo partido, Tatto aparece atrás de Guilherme Boulos, com menos de 5% dos votos. É verdade que ainda falta muito para a eleição e, a rigor, a campanha sequer começou. Mas esse é justamente o argumento utilizado pelos “oposicionistas” do candidato: a hora da substituição é agora.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.08.20

Perda de prestígio

Lurian da Silva, filha de Lula, já esteve mais em alta. Ela vai coordenar o programa de governo do candidato do PT à Prefeitura de Itabaiana (SE), Olivier Chagas. Entre outras missões, dentro e fora do partido, Lurian integrou o comitê de campanha de Gabriel Chalita, candidato derrotado à Prefeitura de São Paulo. Por sinal, a jornalista não é exatamente uma pé quente: não se elegeu vereadora em São Bernardo do Campo mesmo no auge da popularidade do pai.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.07.20

Uma semente no PT

O PT tem feito acenos à senadora Katia Abreu. Sua filiação daria ao partido uma ponte para o agronegócio, já pensando na eleição de 2022. Não custa lembrar que Katia foi uma das mais fiéis, se não a mais fiel aliada da presidente Dilma Rousseff até o último minuto do seu governo. Em tempo: resiliência partidária não é o forte da senadora. Hoje no PPB, Katia Abreu já passou por PPB, PFL, depois DEM, PSD, MDB, PDT e agora bate ponto no PP.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.07.20

Lisboa e a ressurreição de Haddad

O presidente do Insper, Marcos Lisboa, atira para todos os lados, sem maiores pruridos. Lisboa quer ser ministro da Fazenda. De qualquer governo. Ofereceu-se para colaborar com o professor e virtual candidato às eleições presidenciais pelo PT Fernando Haddad. O petista pertence aos quadros da instituição de ensino. Não há nada que indique, hoje, uma vantagem comparativa de Haddad em relação à única candidatura certa ao sufrágio de 2022, a do presidente Jair Bolsonaro; nem sobre os demais potenciais aspirantes, Luciano Huck, Ciro Gomes, Sergio Moro, João Dória e Flavio Dino. É puro oportunismo. Se surgir algum candidato de última hora, “Marquinhos” está pronto para contribuir no seu programa econômico.

Por falar em Insper, a instituição tem namorado o ex-ministro da Educação Carlos Alberto Decotelli. As conversas se dariam em torno do ingresso do professor nos cursos de educação continuada. Ao que parece, nada que seja necessário um bom diploma. Tudo indica que há terceiras ou quartas intenções entre as partes, caso se concretize o convite. Procurado pelo RR, o Insper não retornou até o fechamento desta edição.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.